Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Importante saber

O ânus é como um anel (Lembre-se de que aquele seu amigo gay lhe chamava para brincar e dizia “guarde meu anelzinho bem guardadinho”, mas você com avidez lhe guardava um dedinho. Bem de volta ao assunto é  um anel  com uma válvula (chamada esfíncter) de cada lado. A do lado de dentro abre-se involuntariamente, quando a ampola retal fica cheia (de fezes ou de gases). A de fora você controla e pode abrir de pouquinho em pouquinho. Mas quando a pressão gasosa é muito forte, não tem jeito: o barulho é inevitável

Especial  PUM (Mulheres peidam mais alto e mais forte que os homens)

“O que é que a diarréia falou pro peido?

Vai na frente buzinando que eu tô sem freio”. 

Com esta reflexão filosófica de um desconhecido a Coluna orgulhosamente abre as comemorações do dia do peido, do pum ou da bufa, nomeie-o como quiser. Mas sinta-se livre nesta data e libere geral. Em questões de ciência algumas coisas precisam ser ditas, por exemplo que  a maior parte dos gases que formam o peido vem da nossa boca, não sabia né? Então fale um pouco mais próximo de Margô ou de Paulistinha de Maria José, vocês entenderão.  Sigamos, Apenas 10% desses gases surgem na fermentação do alimento ao longo do nosso intestino grosso. O resto nada mais é do que ar que engolimos sem querer durante a alimentação ou mesmo bolhinhas de ar presente na saliva ou em bebidas gaseificadas (refrigerantes e cerveja, principalmente). Esses gases percorrem todo o tubo digestivo até encontrarem os gases produzidos pela ação de bactérias sobre a comida. Juntos, esses gases chegam à ampola retal – a última parte do tubo digestivo, que termina no ânus – e ali ficam comprimidos até você abrir uma brecha para eles saírem. Isso acontece de 12 a 25 vezes ao dia (você peida dormindo, sabia?), liberando ao todo de 1 litro a 1 litro e meio de gases. E se você pensa que homens peidam mais do que as mulheres, está redondamente enganado. Peido não escolhe sexo, mas mulheres, de uma forma geral, têm mais vergonha de aliviar seus gases em público. Cheiro e som tampouco escolhem sexo. O cheiro depende do que você comeu e o barulho é uma junção de fatores. “É uma correlação entre a velocidade de liberação, a contração do esfíncter (a válvula que controla o abre e fecha do ânus), a umidade local e a quantidade de gordura das fezes, que lubrifica o tubo digestivo”, afirma a gastroenpeidoologista Luciana Maria Cagamacho  da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Sua namorada precisa saber

O cheiro do pum depende do que você come. A fermentação de certos alimentos produz substâncias malcheirosas que se unem aos gases inodoros (nitrogênio, gás carbônico, oxigênio, hidrogênio e metano) e fazem uma mistura ficar fedida: Feijão, assim como ervilha, grão-de-bico, repolho e outros, contém rafinose, um açúcar que não conseguimos digerir. Por isso, uma grande parte desses alimentos é fermentada, produzindo muitos gases. A fermentação de proteína gera enxofre e sulfetos de hidrogênio e carbono. Gordura gera ácidos graxos. Por isso, carnes e ovos causam os pums mais fedorentos.

Da Internet

“Bom dia meu nome é Paulo Thiago e sou namorado da Bete, ela gosta muito de  carne e ovo cozido, mas  há um mistério conosco que sempre nos churrascos que participamos, a certa hora,  principalmente quando já foram servidos vários pratos, um cheiro de peido muito fedido se apróxima de nós. Ela geralmente é  a primeira a dizer olhando para alguém do lado; “Nossa amor, você já percebeu que não temos sorte, sempre que chegamos a um churrasco nos sentamos perto de um peidão!” Foi quando eu disse para descontrair; “Ou uma peidona né meu bem?” Ela não gostou e disse eu era deselegante”.

Riso da hora

Estavam a passear numa charrete a Rainha da Inglaterra e um famoso Conde da região. De repente, um dos cavalos soltou um estrondoso peido. A Rainha, muito constrangida, apressou-se em se desculpar:
— Perdoe-me, senhor Conde! Mas assim é a natureza!
O Conde logo respondeu:
— Ora, não precisa ficar envergonhada! Eu até pensei que tivesse sido um dos cavalos

Fica assim, amanhã tem mais..

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).