Inicio » Mais Seções » Ciência » Saiba o que fazer para se proteger em caso de terremoto

Saiba o que fazer para se proteger em caso de terremoto

A ocorrência de um terremoto – como o ocorrido no Chile nessa quarta-feira (16) – pode causar transtornos para as pessoas, estando elas dentro de ambientes fechados ou não. Para diminuir os riscos, o ideal é seguir procedimentos de segurança, que fazem com que as chances de sobrevivência aumentem.

Saiba o que fazer para se proteger em caso de terremoto
Saiba o que fazer para se proteger em caso de terremoto

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

A principal orientação, é procurar locais estáveis. Uma mesa ou balcão resistentes são boas alternativas para ficar embaixo. “A pessoa deve ficar agachada e pode proteger a cabeça com um travesseiro e a face com um lenço”.

Para o caso de quem estiver em prédios, não é indicado descer, já que tanto o elevador como as escadas oferecem risco. Ficar embaixo de portais de porta também é arriscado. “O poço do elevador ficará desalinhado – a pessoa vai ficar presa – e as escadas são instáveis e possuem menor resistência a abalos; tenderão a quebrar”. Além da fragilidade, nos casos de edifícios multifamiliares, o risco de tumulto é grande.
Outra opção é procurar ficar embaixo de estruturas mais firmes, como vigas e lajes. “Deve-se ficar longe de vidros, janelas, luminárias e parte posterior de paredes, sempre lembrando de proteger cabeça e rosto”.
Já para quem está em uma casa ou em outra estrutura feita de tijolos, a melhor alternativa é sair para a rua, já que há maior risco de desabamento. “Não é indicado ficar próximo a árvores, postes de fiação elétrica ou tentar entrar em outros ambientes”, pontua. Para o caso de estar dentro de um veículo, o indicado é permanecer onde está e ficar longe de viadutos, prédios elevados e postes.
Se o pior acontecer e a estrutura chegar a cair, a indicação é não riscar fósforos ou acender isqueiros, pois pode haver vazamento de gás, portanto, risco de explosão. Caso a pessoa fique em meio a escombros, deve procurar fazer barulho com objetos próximos até a chegada do socorro. Gritar não é indicado.
Em cidades litorâneas, é possível que o terremoto esteja associado a tsunamis. Por causa disso, o melhor é sair das áreas próximas ao mar e ir para lugares montanhosos.
TERREMOTOS NO BRASIL – Não é comum ter fortes abalos sísmicos no Brasil, já que o País está localizado no centro de placas tectônicas. Apesar disso, algumas movimentações são registradas em Minas Gerais, principalmente em Montes Claros. Também são detectados sismos no Mato Grosso e Acre.
“Como o Brasil tem dimensões continentais e muitas vezes são magnitudes muito pequenas, alguns nem são percebidos”, afirma o professor do Laboratório Sismológico da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Aderson Nascimento.
De acordo com o professor, quando se está em um prédio muito alto, é normal perceber o sismo, mesmo em uma distância como a do Chile e São Paulo. “Às vezes quando você está em uma torre muito alta, dá para sentir o vento balançando mais forte. Como [o terremoto] está na terra, é o chão que vibra, na mesma frequência”, compara.
.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).