Inicio » Economia » Setor agropecuário registra alta nos preços de 1,44% na 2ª prévia do IGP-M

Setor agropecuário registra alta nos preços de 1,44% na 2ª prévia do IGP-M


Reviewed by:
Rating:
5
On 17 de setembro de 2015
Last modified:17 de setembro de 2015

Summary:

Setor agropecuário registra alta nos preços de 1,44% na 2ª prévia do IGP-M

A inflação no setor agropecuário acelerou no atacado. Os preços subiram 1,44% na segunda prévia do IGP-M de setembro, após redução de 0,36% na segunda prévia de agosto, informou nesta quinta-feira, 17, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). A inflação industrial atacadista também ganhou força ao registrar alta de 0,69% na leitura divulgada nesta quinta, contra avanço de 0,15% no mês passado.

Os preços subiram 1,44% após queda de 0,36% em agosto Foto: Carlos Alberto / Imprensa de Minas Gerais
Os preços subiram 1,44% após queda de 0,36% em agosto
Foto: Carlos Alberto / Imprensa de Minas Gerais

.

O Boticário

///////////////////////////

.

Dentro do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais subiram 0,28% na segunda prévia de setembro, em comparação com o recuo de 0,95% em igual prévia de agosto.

Os preços dos bens intermediários, por sua vez, tiveram alta de 1,04% na leitura divulgada hoje, após subirem 0,80% no mês passado. Já os preços das matérias-primas brutas avançaram 1,47% contra aumento de 0,22% na mesma base de comparação.

Do Estadão Conteúdo

.

O Boticário

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).