Inicio » Esporte » Brasileirão 2016 » Brasileirão 2015 – Atlético goleia o Flamengo no Independência

Brasileirão 2015 – Atlético goleia o Flamengo no Independência


Reviewed by:
Rating:
5
On 20 de setembro de 2015
Last modified:21 de setembro de 2015

Summary:

Brasileirão 2015 - Atlético goleia o Flamengo no Independência

Argentino foi o grande nome da goleada com gol marcado e duas assistências para Jemerson.

Com uma goleada de 4 a 1, o Atlético derrotou o Flamengo no Independência
Com uma goleada de 4 a 1, o Atlético derrotou o Flamengo no Independência

.

Natura

///////////////////////////

.

Parece que Dátolo tem prazer em atormentar a vida do Flamengo. Foi assim na Copa do Brasil e no Brasileirão do ano passado, e neste domingo, pela atual edição da Série A do Nacional. É como se o hermano já programasse uma atuação diferenciada contra o rubro-negro. Diante do time carioca, o pé esquerdo fica mais calibrado. Os chutes são letais. Os cruzamentos, venenosos. E a vibração a cada gol do Galo é como se fosse a comemoração de um título. Azar do Urubu, que voltou a ter pesadelos ao ritmo do tango argentino.

Dátolo participou dos quatro gols do Atlético na goleada por 4 a 1 sobre o rival. No primeiro, cruzou na área e Marcelo anotou contra. Depois de ver Paulinho empatar o confronto, o argentino foi à forra. Na bola parada, deu duas assistências para Jemerson marcar o segundo e o terceiro tentos dos mineiros. Mas faltava o grand finale. De fora da área, o camisa 10 acertou um chutaço que foi morrer no canto direito de Paulo Victor.

Nada mais justo do que receber os aplausos e os gritos de reconhecimento por parte da Massa assim que foi substituído aos 37 min do segundo tempo, para a entrada de Josué. A brilhante atuação dele e do restante do time alvinegro aumentaram a confiança e mantiveram o sonho da torcida em conquistar o bicampeonato brasileiro. De quebra, apagou um pouco a má impressão deixada na derrota por 4 a 0 sofrida para o Santos, na quarta-feira passada. Foi a deixa para os gritos de ‘eu acredito’ voltarem à tona.Graças ao triunfo na Arena do Horto, o Galo chegou a 52 pontos e continua a cinco do líder Corinthians, que levou a melhor sobre o Peixe. Os dois primeiros colocados da competição nacional são os únicos a cruzarem a fronteira dos 50 pontos e responsáveis pelas maiores emoções do torneio. A briga promete ser ferrenha até o fim.

.

O Boticário

///////////////////////////

.

No domingo, os líderes jogam em Santa Catarina. O Corinthians enfrenta o Figueirense, no Orlando Scarpelli, e Atlético visita o Joinville, na Arena Joinville.

Algoz. Nos quatro últimos jogos contra o Atlético, o Flamengo não viu a cor da bola. Foram quatro vitórias contundentes dos mineiros, com 14 gols marcados pelos comandados de Levir Culpi e apenas dois pelos rubro-negros. Nestes duelos, Dátolo anotou um gol no triunfo por 4 a 1 na partida de volta das semifinais da Copa do Brasil de 2014, um nos 4 a 0 no segundo turno do Brasileirão do ano passado e um no jogo deste domingo.

Milagre. No dia em que recebeu a camisa 200, em alusão ao número de jogos disputados pelo Atlético – completados na derrota para o Santos, na última quarta-feira –, o goleiro Victor protagonizou mais um milagre pelo Galo. Quando a partida estava empatada em 0 a 0, ele defendeu a cobrança de pênalti de Alan Patrick.

Foi a sétima penalidade em que Victor levou a melhor com a camisa alvinegra. Ele já havia feito o mesmo contra Náutico (Brasileiro de 2012), Tijuana-MEX (Libertadores de 2013), Newell’s Old Boys-ARG (Libertadores de 2013), Olimpia-PAR (Libertadores de 2013), Mamoré (Mineiro de 2015) e Cruzeiro (Brasileiro de 2015).

Do Super FC

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).