Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros promove semana de doação de órgãos

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros promove semana de doação de órgãos

Na Semana Nacional de Doação de Órgãos, realizada até o domingo, dia 27 de setembro, o alerta é para a conscientização da população sobre a importância da doação de órgãos para a realização de transplantes.

Montes Claros - Santa Casa de Montes Claros promove semana de doação de órgãos
Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros promove semana de doação de órgãos

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

A Santa Casa de Montes Claros é o único hospital da região credenciado pelo Ministério da Saúde para realização de transplantes de córnea, rins e fígado. A novidade, de acordo com a coordenação do serviço de transplantes, é a realização, em breve, de transplante de medula óssea, que já foi autorizado pelo Sistema Nacional de Transplantes. A Santa Casa é o 16º hospital do país credenciado para realização do procedimento.

No Hospital, funciona a CIHDOTT- Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes, que organiza e regula todo o processo de doação de órgãos, desde a identificação de potenciais doadores, abordagem e acompanhamento psicológico da família até a articulação e o encaminhamento de informações para a CNCDO – Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos, viabilizando, assim, a ampliação quantitativa e qualitativa na captação de órgãos.

Em comemoração à data, a CIHDOTT realiza uma extensa programação, visando conscientizar a população para a doação de órgãos e tecidos. A proposta é sensibilizar os colaboradores, pacientes e familiares sobre a importância da doação de órgãos para salvar vidas.

Com o tema “Doar órgãos é escolher que a vida pode continuar”, a campanha foi organizada por membros da comissão, formada por equipe multidisciplinar que conta com médicos, enfermeiros, assistentes sociais e psicólogos, com apoio da CNCDO.

Programação e conscientização

Durante toda a semana serão realizadas blitz com panfletagem e sensibilização dos colaboradores nos diversos setores do hospital, distribuição de material informativo, palestras, cinema comentado com exibição de vídeos educativos e discussões sobre o tema, Big Fone com perguntas e respostas por telefone, além de distribuição de brindes e celebração de missa para encerrar as atividades.

A novidade deste ano é a confecção do cartão doador, que não tem valor legal, mas serve como forma de conscientizar e informar a família sobre o desejo de doar órgãos, praticar a solidariedade e ajudar o próximo.

Para a enfermeira da CIHDOTT, Simone Rosado, é muito gratificante quando a comissão faz uma abordagem e a família é favorável à doação, pois naquele momento duas pessoas saíram da escuridão, porque vão receber a córnea tão esperada, dois pacientes vão sair da diálise e poderão tomar agua à vontade num dia quente de verão e um paciente não vai mais precisar submeter-se a procedimentos dolorosos, comuns em quem está à espera de um fígado.

“Além da melhoria na qualidade de vida do paciente transplantado, observamos mudanças em toda a família. Por isso, converse com sua família, seja um doador, ou melhor, um multiplicador de vidas para que a vida continue”, explica.

O coordenador do serviço de transplantes da Santa Casa, Geraldo Sérgio Gonçalves Meira, chama a atenção sobre o esclarecimento da população sobre a morte encefálica, que é uma situação definitiva, e constatada, por meio de exames clínicos, neurológicos e de imagem, realizados por equipe médica. Segundo ele, “atualmente, o principal obstáculo é vencer a recusa familiar, gerada pela falta de conhecimento a respeito do paciente em morte encefálica, o que causa queda nas doações. A situação tem melhorado, devido às constantes campanhas educativas realizadas, mas ainda é preciso maior compreensão”, alerta.

Até o mês de agosto deste ano, foram realizados 22 transplantes de córnea, 35 transplantes de rim e 9 transplantes de fígado. Em Montes Claros, 12 pessoas estão na fila para transplante de córnea, 281 para rim e 7 para fígado. Estatísticas mostram que o Brasil é o segundo país do mundo em número absoluto de transplantes. Minas Gerais se destaca como o terceiro estado do Brasil em notificações de possíveis doadores e o segundo em número absoluto de doadores efetivos e Montes Claros aparece no terceiro lugar em número de doações e transplantes múltiplos.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).