Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Campanha contra Hanseníase em Pirapora

Norte de Minas – Campanha contra Hanseníase em Pirapora

Durante todo o mês de setembro a equipe do PSF do bairro Bom Jesus, na cidade de Pirapora está mobilizada para a Campanha contra a Hanseníase.

Norte de Minas - Campanha contra Hanseníase no bairro Bom Jesus, em Pirapora
Norte de Minas – Campanha contra Hanseníase em Pirapora

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Aproveitando as visitas domiciliares de rotina, as agentes comunitárias de saúde (ACS) têm feito a avaliação de manchas e sintomas, com objetivo de aumentar o diagnóstico precoce, além de identificar possíveis casos em que a doença ainda persiste.

“Todos os ACS’s de Pirapora foram treinados e capacitados para identificar manchas suspeitas da Hanseníase, assim como os sintomas. Quando identificamos um paciente com as características da doença, encaminhamos para Dra. Fátima, que é a médica de referência na UAP Central. A grande dificuldade é que as pessoas ainda têm preconceito com essa doença,  que era conhecida antigamente como Lepra. Muitas pessoas não tinham recursos para o tratamento, que além de doloroso levava muitos pacientes à morte. Hoje o tratamento é simples e, se feito corretamente, a cura é certa” esclareceu Edilene Ribeiro, ACS que atua há 20 anos no bairro Bom Jesus. Edilene reforça a necessidade do diagnóstico precoce para o sucesso do tratamento. “Quanto antes a Hanseníase é detectada para que o tratamento comece, menores são as sequelas. A cura é certa, mas se o tratamento demora, o paciente pode, mesmo depois de curado, continuar a sentir dor nos nervos.”

O que é Hanseníase?

A Hanseníase é uma doença infecciosa ocasionada pelo bacilo de Hansen, que atinge a pele e os nervos. Antigamente era conhecida como Lepra, e. A transmissão ocorre a partir do contato direto com pacientes sem tratamento, que eliminam os bacilos por meio de secreções nasais e gotículas da fala (mesmo que invisíveis), bem como pela tosse e por espirros. No caso dos doentes que recebem tratamento, não há risco de transmissão. O bacilo pode ficar encubado (sem apresentar sintomas) de 6 meses até 6 anos.Tendo um caso de Hanseníase, toda a família, especialmente aqueles que moram na mesma casa, devem fazer exames.

Os sintomas são:

*Manchas brancas ou vermelhas, caroços e dormência em qualquer parte do corpo

*Dor nos nervos e fraqueza nos braços, mãos, pernas e pés

*Macgucar-se ou queimar-se sem sentir dor

Tratamento totalmente gratuito, pelo SUS 

O diagnóstico da Hanseníase é feito pelo médico e envolve a avaliação clínica do paciente, com aplicação de testes de sensibilidade, palpação de nervos e avaliação da força motora. O tratamento é totalmente gratuito, feito pelo sistema público, com remédios via oral (comprimidos), constituído pela associação de dois ou três medicamentos. Não é necessário internação nem afastamento do trabalho no período de tratamento, que dura de 6 a 12 meses – o paciente continua normalmente no convívio de sua família, amigos, escola, trabalho e lazer.

O prefeito de Pirapora, Léo Silveira, destacou a importância do diagnóstico e tratamento: “Quando a pessoa começa o tratamento, a transmissão é interrompida imediatamente, por isso é tão importante diagnosticar o quanto antes.É importante lembrar que a hanseníase é uma doença totalmente curável, e não há motivo para preconceito. Fique atento aos sinais e procurar uma unidade de saúde para ter o tratamento adequado”.

Na próxima quinta feira, dia 24 de setembro, as 14:00, haverá uma palestra sobre Hanseníase na unidade do bairro Bom Jesus, com a médica dermatologista Dra. Emanuela Acácia. Toda a comunidade está convidada a participar.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).