Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Energia Fotovoltaica do Norte de Minas Adenor e Sedinor participam do Fórum Sudene de Energia e articulam apoio para implantação‏

Norte de Minas – Energia Fotovoltaica do Norte de Minas Adenor e Sedinor participam do Fórum Sudene de Energia e articulam apoio para implantação‏

Adenor e Sedinor participam do Fórum Sudene de Energia e articulam apoio para implantação.

Norte de Minas - Energia Fotovoltaica do Norte de Minas Adenor e Sedinor participam do Fórum Sudene de Energia e articulam apoio para implantação‏
Norte de Minas – Energia Fotovoltaica do Norte de Minas Adenor e Sedinor participam do Fórum Sudene de Energia e articulam apoio para implantação‏

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Os desafios e oportunidades para a diversificação da Matriz Energética foi tema de Fórum realizado com  representantes da Sudene e parceiros institucionais dos ministérios setoriais, universidades, centros de pesquisas, federações das indústrias, bancos de fomento, nessa terça-feira, 29 de setembro, em Recife.

O evento contou com representantes das Secretarias para assuntos de Energia do Rio Grande do Norte, Ceará, Maranhão, Bahia e Pernambuco, Universidades, Centros de Pesquisas, Federações das Indústrias e Bancos de Fomento.  Durante o Fórum sobre Energia, a Agência de Desenvolvimento da Região Norte de Minas – ADENOR juntamente com a AMAMS, em parceria com o Governo de Minas Gerais, através da Sedinor, participou de reunião com o Superintendente, João Paulo Lima, reforçando a importância da inclusão de 36 municípios no semiárido, área de atuação da Sudene.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

O assunto foi amplamente discutido em audiência com a superintendência da Sudene, contando com as presenças de Davidson Dantas, diretor de captação qualificação e inclusão do Idene, Márcia Versiani, Superintendente da Adenor e César Emílio, presidente da Amams, que entregou documento formalizando o pleito.

Energias renováveis

 Ao longo de 10 anos,  120 usinas de geração de energia fotovoltaica podem ser implantadas no Norte de Minas, segundo o Projeto de Desenvolvimento Regional da Adenor. O objetivo é melhorar as condições sociais e econômicas da população através do desenvolvimento da indústria e o comércio locais, capacitação, emprego da mão de obra e valorização do uso da terra. Daí a iniciativa de formar um banco de áreas disponibilizadas para implantação do projeto de energia fotovoltaica.

De acordo com o diagnóstico elaborado pela Agência, o sistema elétrico no Norte de Minas está esgotado em Montes Claros, Januária, Janaúba e Manga. “Em meio a uma crise hídrica, a solução é a ampliação e expansão de parcerias como estas que estão sendo articuladas na Sudene. Devemos mobilizar o poder público, fornecer dados precisos e informar sobre os investimentos no setor”, pontuou.

“Teremos o Centro de Energias Renováveis da Universidade Federal de Pernambuco, como provável parceiro no processo de pesquisa e desenvolvimento para implantação do Projeto Energia Fotovoltaica no Norte de Minas”, destaca Márcia Versiani.

Para ampliar sua base de dados a Adenor está cadastrando quem tem interesse em ser investidor ou fornecedor de produtos ou serviços que possam integrar a Rede de Profissionais no setor. Todo investidor ou fornecedor de serviços pode procurar a Agência para envio de seus dados: [email protected]

Da agência Mosaico

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).