Inicio » Nacional » Brasil terá Centro de Apoio e Incidência Anticorrupção da Transparência Internacional

Brasil terá Centro de Apoio e Incidência Anticorrupção da Transparência Internacional

Terminou ontem (08/10/2015), em São Paulo, o “Taller de Trabajo Internacional com las Instituciones Participantes del ALAC de Brasil”.

Brasil terá Centro de Apoio e Incidência Anticorrupção da Transparência Internacional
Brasil terá Centro de Apoio e Incidência Anticorrupção da Transparência Internacional

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Durante três dias, o evento reuniu na capital paulista representantes de diversos capítulos da Transparência Internacional em Honduras, Argentina, Portugal, Alemanha e Brasil, jornalistas, ativistas e especialistas da luta anticorrupção nos setores público e privado no Brasil. O evento foi patrocinado pelo programa Eurosocial, da Comissão Europeia e pela Transparência Internacional (TI), contou, entre outras, com a participação do jornalista investigativo e advogado Fábio Oliva, representantes da Amarribo Brasil e do Observatório Social do Brasil.

Durante o seminário, foi apresentado e discutida a implantação, no Brasil, do projeto CAIAC – Centro de Apoio e Incidência Anticorrupção. O projeto se baseia em uma das mais bem sucedidas ferramentas da Transparência Internacional: os Advocacy and Legal Advice Centres – ALACs.

Criados em 2003, estes centros operam hoje em mais de 60 países da rede global da TI, apoiando vítimas e testemunhas de casos de corrupção e, ao mesmo tempo, gerando informações que subsidiam a pesquisa aplicada sobre o fenômeno da corrupção, orientando campanhas da sociedade civil e intervenções do poder público para promoção de reformas institucionais, legais ou administrativas.

O encontro foi dividido em duas etapas: a abertura, dia 6, no auditório do Ministério Público Federal e as mesas de trabalho, que aconteceram dias 7 e 8 no Hotel Transamérica Prime.

Hoje a TI apresentou o programa de trabalho de trabalho de seu capítulo no Brasil e o projeto CAIAC. Em seguida, parceiros e potenciais colaboradores do projeto foram convidados a oferecer contribuir com suas experiências.

Durante o evento houve mesas de trabalho, cujo objetivo foi discutir os procedimentos e o funcionamento do CAIAC Brasil. Nessas mesas de trabalho, conduzidas por uma mediadora profissional, algumas questões-chave foram colocadas e os participantes instigados a responderem questões sobre as peculiaridades dos ataques sofridos pelos ativistas da luta anticorrupção no país. O objetivo foi colher subsídios relevantes para elaboração do Manual de Procedimentos do Centro de Apoio e Incidência Anticorrupção no Brasil.

A coordenação dos trabalhos de implantação do CAIAC Brasil está a cargo de Bruno Brandão e Fabiano Angélico, membros da equipe brasileira do Departamento das Américas da TI.

Por Fábio Oliva

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).