Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Juramento e Montes Claros unidas para salvar barragem

Norte de Minas – Juramento e Montes Claros unidas para salvar barragem

Com o objetivo de discutir o futuro da barragem de Juramento, que abastece a cidade de mesmo nome e ainda é responsável por 70% do abastecimento de água em Montes Claros, autoridades das duas cidades estiveram reunidas, no auditório da Prefeitura de Juramento, em Audiência Pública promovida pelo Conselho Municipal de Meio Ambiente (CODEMA).

Norte de Minas - Juramento e Montes Claros unidas para salvar barragem
Norte de Minas – Juramento e Montes Claros unidas para salvar barragem

.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.

A reunião contou também com a participação de produtores rurais de Juramento, que já sofrem os efeitos da seca. Na zona rural, o rio cortou e os produtores estão sem água. O pecuarista Marcelo Maia, destacou que “os produtores estão quebrados, de pés e mãos atadas e se faz urgente a necessidade de encontrar uma solução ou contornar o problema”.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

De acordo com Diego Bicalho, Presidente da entidade que promoveu o encontro, “é o momento de concretizar ações e tornar o cidadão mais consciente”. Consciência e planejamento também deram a tônica nas palavras do Secretário de Desenvolvimento Econômico, Reinaldo Landulfo Teixeira, que na ocasião representou o chefe do executivo de Montes Claros: “o desenvolvimento da cidade exige uma postura de planejamento, já que com as indústrias vem também um aumento no consumo de água. Pensando nisso, o novo contrato para concessão do serviço de abastecimento em Montes Claros, já prevê 1% do faturamento destinado à preservação de mananciais e da Bacia hidrográfica do Sistema Verde Grande”, destacou Landulfo. O secretário acrescentou que é preciso mais e mais ações que conscientizem o cidadão acerca do consumo responsável de água.

“A barragem atualmente tem uma reserva que garante o abastecimento apenas pelos próximos seis meses em Montes Claros. Não existem culpados, mas é hora do homem repensar as suas ações e seu comportamento diante da escassez”, declarou Edvaldo Marques, Secretário Municipal de Meio Ambiente de Montes Claros, que também participou do encontro.

O prefeito de Juramento, Wendel Pereira, afirmou que a “união, é a palavra mais ouvida aqui hoje e a discussão em busca de alternativas para minimizar os impactos da seca é muito importante”.

Ascom PMMOC

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Mortes por afogamento crescem 14% em Minas Gerais

MG – Mortes por afogamento crescem 14% em Minas Gerais

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.MG – Mortes …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).