Inicio » Minas Gerais » MG – 11 cidades mineiras já adotaram o esquema de rodízio de distribuição de água

MG – 11 cidades mineiras já adotaram o esquema de rodízio de distribuição de água

Pelo menos 11 cidades mineiras já adotaram o esquema de rodízio de distribuição de água para evitar um colapso ainda maior e a seca completa. Além das cidades que anunciaram a decisão desde o início de outubro (Astolfo Dutra, Catuti, Divino das Laranjeiras, Itabira, Mato Verde, Pará de Minas, Tumiritinga, Ubá, Viçosa e Visconde do Rio Branco) passará a compor o quadro de revezamento nesta terça-feira (20) o município de Formiga, no Centro-Oeste do Estado.

MG - 11 cidades mineiras já adotaram o esquema de rodízio de distribuição de água
MG – 11 cidades mineiras já adotaram o esquema de rodízio de distribuição de água

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Por meio de nota, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Formiga afirmou que a medida vai durar até a chegada das chuvas e recuperação da vazão do Rio Formiga. Segundo nota, a medida do rio passou de 195 litros por segundo, para 140.

Entre diversas outras ações, o Saae está ativando dois poços artesianos: um no Alto dos Pinheiros, que teve gerador instalado no sábado e tem capacidade de 12 mil litros por hora; e outro na Rua Vicente Domiciano, na Vila Carmelita, que terá gerador instalado nesta semana e tem capacidade de 10 mil litros por hora. Essa medida visa a reforçar o abastecimento nos bairros Nossa Senhora de Lourdes, Alvorada e região.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Confira o dia em que será suspenso o abastecimento em cada região

Segundas – Rosário, Santa Luzia, Engenho de Serra. Fechado das 7 às 7 horas (24 horas)

Bairros: Rosário, Santa Luzia, Engenho de Serra, Jardim América, Praça da Matriz.

Terças – Cristo. Fechado das 7 às 7 horas (24 horas)

Bairros: Santo Antônio, Santa Tereza, Eldorado, Sagrado Coração de Jesus, Bela Vista, Centenário.

Quartas – Morro do Picolé. Fechado das 7 às 18 horas

Bairros: Souza e Silva, Nirmatele, Água Vermelha, São Sebastião, São Lázaro.

Quartas à noite – Novo Horizonte. Fechado das 18 às 7 horas

Bairros: Bela Vista e Novo Horizonte

Quintas – Centro. Fechado das 7 às 7 horas (24 horas)

Bairros: Centro, Quinzinho, Quartéis, Vila Ferreira, Jardim Giarola

Sextas – Rosário, Santa Luzia, Engenho de Serra. Fechado das 7 às 7 horas (24 horas)

Bairros: Rosário, Santa Luzia, Engenho de Serra, Jardim América, Praça da Matriz

Sábado: Morro do Picolé. Fechado das 7 às 18 horas.

Bairros: Souza e Silva, Nirmatele, Água Vermelha, São Sebastião, São Lázaro

Sábado à noite – Novo Horizonte. Fechado das 18 às 7 horas

Bairros: Bela Vista e Novo Horizonte

Alerta

Em meio aos prejuízos deixados pela pior crise hídrica dos últimos 50 anos, o início da temporada de chuvas, que vai de meados de outubro a março do ano que vem, não é nada animador para os mineiros. A previsão dos serviços de meteorologia é a de que, até dezembro, o volume das precipitações em Belo Horizonte e em praticamente todo o Estado seja cerca de 20% menor em relação ao mesmo período de 2014.

A nova estiagem em pleno período chuvoso deixa em alerta prefeituras, Defesa Civil, Copasa e outros órgãos do governo de Minas. Medidas de reforço e ações emergenciais estão previstas diante do risco de desabastecimento, sobretudo, em regiões historicamente mais afetadas, como o Norte de Minas.

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).