Inicio » Montes Claros » Montes Claros – PM prende três pessoas por estelionato no bairro Jardim Palmeiras

Montes Claros – PM prende três pessoas por estelionato no bairro Jardim Palmeiras

Às 15:17 horas de ontem dia (19/10/2015), a Polícia Militar prendeu três pessoas, na av. Deputado Plínio Ribeiro, no bairro Jardim Palmeiras, por envolvimento em crimes de estelionato praticados em Montes Claros.

Montes Claros - PM prende três pessoas por estelionato no bairro Jardim Palmeiras
Montes Claros – PM prende três pessoas por estelionato no bairro Jardim Palmeiras

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Conforme informações do solicitante, segurança do estabelecimento comercial no qual a infratora, N. C. I. S., de 28 anos, tentava efetuar uma compra no valor de R$2.698,00 (dois mil, seiscentos e noventa e oito reais), os funcionários constataram que ela havia adquirido, em data de 08/10/2015, em uma loja da mesma rede, produtos que totalizaram o valor de R$2.847,00 (dois mil, oitocentos e quarenta e sete reais).

Desconfiados de fraude, acionaram a Polícia Militar e, durante a fala com os policiais a estelionatária,  relatou que estava necessitando de dinheiro, motivo pelo qual iria adquirir produtos na loja, utilizando-se de documento falso, para revendê-los na cidade de Belo Horizonte.

A mulher disse, ainda, que estava sozinha no estabelecimento, sendo encontrado com ela documentos diversos, dentre eles um CRLV de um veículo Ford KA de placa GWM-6699.

Devido à suspeita que alguém estaria no apoio da infratora, militares realizaram buscas em torno do estabelecimento, e encontraram o veículo ao qual pertence o CRLV que com ela foi encontrado, estando em seu interior um homem, R. L. S., de 31 anos e uma mulher, P. S. N. G., de 22 anos, que foram abordados e confessaram que estavam em apoio à infratora, informando que havia um quarto envolvido, namorado desta, que teria conseguido evadir.

Com às evidências encontradas, os militares se deslocaram até uma loja, situada no interior de um Shopping Center da cidade, sendo que o gerente do estabelecimento relatou que a infratora teria feito uma compra, em data de 18/10/2015, no valor de R$530,00 (quinhentos e trinta reais),  com o nome de J.T.R.M, porém com a foto da mulher que estava aplicando o golpe, pagando com um cartão de crédito também em nome de Joana, tendo sido utilizado o mesmo documento na compra que motivou a suspeição de fraude.

A estelionatária relatou que realizou compras utilizando documento falso em outros estabelecimentos da cidade de Montes Claros.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Os militares compareceram ao hotel no qual ela estaria hospedada, com os outros 03 (três) comparsas, sendo localizados lá 04 (quatro) aparelhos de telefone celular; 02 (dois) pares de óculos; a quantia de R$ 689,00 (seiscentos e oitenta e nove reais) em dinheiro; 03 (três) relógios de pulso; peças de roupas; 01 (um) par de sapatos; cartões de créditos em nome de J.T.R.M e de outras pessoas.

Todos foram presos e entregues à delegacia da PC, junto a todo o material ilícito arrecadado na ação policial.

O veículo foi apreendido.

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).