Inicio » Colunistas » Alberto Sena » Coluna do Alberto Sena – Presépio de Grão Mogol causa empolgação em Belho Horizonte

Coluna do Alberto Sena – Presépio de Grão Mogol causa empolgação em Belho Horizonte


Reviewed by:
Rating:
5
On 31 de outubro de 2015
Last modified:31 de outubro de 2015

Summary:

Coluna do Alberto Sena - Presépio de Grão Mogol causa empolgação em Belho Horizonte

“Foi um encantamento só” o resultado da apresentação do vídeo sobre o Presépio Natural Mãos de Deus, de Grão Mogol, por parte do seu construtor, o empresário Lúcio Bemquerer, para 15 importantes personalidades influentes de diversos segmentos e principalmente do circuito turístico de Minas Gerais a fim de divulgar a obra.

A apresentação, no Clan Glass Business Tower Hotel, ao lado da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg), empolgou os presentes e despertou neles o interesse de conhecerem a obra. Em novembro próximo, um grupo deles virá a Grão Mogol a fim de conhecer “in loco” a grandiosidade do presépio abençoado pelo Papa Francisco.

Beth Pimenta, empresária fundadora da Água de Cheiro e do Hotel Fazenda Capetinga, uma das participantes do encontro disse por meio de telefone celular, diretamente de Belo Horizonte, ter achado o vídeo sobre o presépio “muito bom, todos ficaram encantados com a apresentação e se interessaram em ir a Grão Mogol, a fim de conhecer a obra”.

Além dela, também viram a apresentação do vídeo, a ex-deputada Maria Elvira, a deputada Luzia Ferreira (PPS), a escritora Tereza Casasanta, autora, entre outros, do livro “Criança e Literatura”, o presidente do Conselho Administrativo do Minas Tênis Clube, Sérgio Bruno Zech, Gilson Siqueira, da diretoria da ACMinas e a diretora de Promoção Turística da Belotur, Stela de Moura Kleinrath, entre outros. Stela se comprometeu em divulgar, no âmbito da Belotur, um kit sobre o presépio distribuído a cada um dos participantes do encontro.

Cada kit é composto do DVD sobre o presépio apresentado na ocasião; uma revista com reportagem bastante ilustrativa sobre a obra; a carta do Papa Francisco, com bênçãos para quem já visitou e para quem ainda visitará a obra; o livro e o CD do poeta e repentista Téo Azevedo, com a história completa do presépio; e vários prospectos comparando o presépio aos pontos de turismo religioso de Fátima (Portugal), Lourdes (França) e Caminho de Santiago de Compostela (Espanha).

Foi, segundo Lúcio Bemquerer, um encontro dos mais produtivos, iniciativa que ele pretende abraçar daqui para frente junto a agências e operadoras de turismo, de modo a diminuir a distância entre a capital e Grão Mogol, que além do presépio possui belezas que o Brasil e o mundo precisam conhecer.

Por Alberto Sena

Alberto Sena
Alberto Sena

.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).