Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Motorista Cego

Um motorista literalmente cego quer entrar para o livro dos Recordes. Trata-se de Adailton Josias de Carvalho morador da pequena cidade de Pai Pedro a pouco mais de 200 km de Montes Claros no Norte de Minas Gerais. Adailton que perdeu a visão depois de saltar de uma ponte em Nova Porteirinha, tentando um suicídio após saber que Rita Cadilac não faria mais filmes pornográficos, continuou com suas aventuras após quase 01 ano na UTI de um hospital em Belo Horizonte. E o ápice foi entrar em um caminhão roubado do  posto de gasolina em Pai Pedro e dirigir até montes claros, através de um radar caseiro que era uma câmera de vídeo apontada para o asfalto sendo as imagens transmitidas para um amigo na cidade de porteirinha e em consequência ele guiava a conduta do cego. O problema foi quando a bateria da filmadora esgotou e Adailton precisou seguir em frente, neste caso por sorte ele já estava próximo ao trevo de Montes Claros e o caminhão só parou em Lagoinha quando a policia estourou os pneus com tiros de revolver. Segundo boletim de ocorrência feito por uma inspetora de transito o gesto para encostar fora dado desde a sua entrada no trevo da cidade. Adailton após ser liberado sob pagamento de fiança quer o Guiness Book reconheça sua façanha. Mas se o Livro dos Recordes não quiser reconhecer,  pode ficar tranquilo que nas redes sociais ele bomba geral. Dos vários comentários recebidos separamos alguns:

“Caraca muleque, o tio é maior doidão” Sinval cabrito – Rio de Janeiro

“Olha eu dava fácil para este ceguinho, gosto de cara com atitude louca” Patricia Souza –BH –MG

“Esse filho da puta é um doente mental, punheteiro, safado, escroto e deve estar com a mãe dando o toba na zona, se eu pego uma porra de um cego deste botando a vida dos outros em risco eu quebro ele todinhos” Cowboy do Asfalto – Montes Claros – MG

“Cego bicha pau no cú, vai procurar Guiness Book lá na casa do caralho” Julio Barrão – comerciante de Pedro Leopoldo – MG.

Empresa Pornô em Montes Claros

Visitamos ontem as instalações de uma empresa de sítios e filmes pornográficos que está chegando na Princesinha do Norte, “As Mineirinhas” nome que lembra a antiga Brasileirinhas não tem nada a ver com esta que quer inaugurar uma nova visão do sexo virtual. Segundo Darlieydy,  uma das diretoras que também é atriz serão filmadas donas de casa comum no seu dia a dia, sem maquiagem ou aquela beleza inalcançável das musas, onde no pé do fogão ou vendo a novela aparecera um entregador de água mineral ou o cara do centro de Zoonoses e lhe comerá sem cerimônias. Garotas escabeladas e pedintes serão lembradas e aparecerão como estrelas. “As Mineirinhas vão mostrar com quantos paus se come uma rabada!” finalizou a diretora avisando que  já tem cenas marcadas para sábado de manhã entre 08 e 10h em baixo da Ponte Preta na Vila Guilhermina. O público voyeur está convidado.

Riso da Hora

Um dia o empregado do português  estava arrumando uns documentos e perguntou :
 seu manoel, os armários estão muito cheios, posso jogar fora os documentos antigos de mais de  10 anos?
 poder poder, mas que faça uma copia de todos antes!

Fica assim, amanhã tem mais…

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).