Inicio » Colunistas » Júlio Cesar Cardoso » Coluna do Júlio C. Cardoso – O garnisé folgado, Sibá Machado

Coluna do Júlio C. Cardoso – O garnisé folgado, Sibá Machado

O deputado Sibá Machado (PT-AC), em momento de fúria na Câmara Federal, respondeu de forma incivilizada a um grupo de manifestantes que exigia o impeachment de Dilma Rousseff, ao mostrar o seu lado autoritário: “Eu vou juntar gente e botar vocês pra correr daqui do Congresso. Bando de vagabundos! Vocês são vagabundos! Vamos pro pau com vocês agora”.
Esse Parlamento nacional está um verdadeiro picadeiro, onde desfilam políticos mais identificados com saltimbancos. Políticos medíocres que apenas servem para proteger corruptos. Não valem um vintém. Políticos oportunistas que largam suas profissões certamente por serem incompetentes e por vislumbrarem na ribalta do poder a oportunidade de descolar um salário mais atraente.
Quem é Sibá Machado para chamar manifestantes de vagabundos, em pleno estado democrático de direito? Sibá não tem estatura para estar no Parlamento. Se se candidatasse por um Estado de maior expressão, correria o risco de não se eleger vereador.
Os vagabundos ameaçados por esse desprezível deputado são aqueles trabalhadores e pais de família, contribuintes nacionais – que não vivem da sinecura política e que são diariamente tungados com alta carga tributária, sem retorno em serviços públicos de qualidade – que sustentam os salários da Câmara Federal. Sibá Machado devia ter mais respeito, educação e civilidade política.
O ditado “cachorro que ladra não morde”, lhe cai perfeitamente. Gostaria de vê-lo fora do Parlamento se dirigir aos cidadãos com desrespeito, pois, com certeza, iria levar uma merecida surra. Como disse um cidadão que se manifestou na internet: “Sibá não aguenta um peido.”.
O deputado Sibá Machado devia estar envergonhado da lama produzida por seu partido e correligionários. Inclusive o Lula disse que 204 milhões de brasileiros sabem que Dilma mentiu na campanha ao prometer o que não fez.
O garnisé folgado, Sibá Machado, devia respeitar as manifestações democráticas, bem como reconhecer os erros de seu partido e deixar de se comportar como fantoche do PT.
Júlio César Cardoso
Bacharel em Direito e servidor federal aposentado
Balneário Camboriú-SC
Júlio César Cardoso
Júlio César Cardoso

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).