Inicio » Últimas » Coluna do Valter Martuscelli – Por que não devemos brigar?

Coluna do Valter Martuscelli – Por que não devemos brigar?

Sempre que brigamos com alguém, o nosso semblante se transtorna. Colocamos em nossa face a expressão que melhor caracteriza o nosso estado emocional. Quase sempre, é uma expressão de intolerância, de raiva, de ódio etc. Nunca é de amor. Quem ama não briga, não ofende, não agride, simplesmente, ama. O verdadeiro amor não exige nada em troca. É totalmente grátis.

Quando a briga é caracterizada por agressões verbais que ofendem a moral ou a dignidade do agredido, muitas vezes, a pessoa alvo das agressões sofre mais que se tivesse sofrido agressões físicas…. Com o tempo, a dor das pancadas ou dos ferimentos se acaba e o perdão por parte do agredido se torna mais fácil. No entanto, a agressão por meio de palavras, fere mais profundamente, pois a palavra é como uma espada de dois gumes. Depois de lançada, não pode mais ser recolhida.

No dia de ontem, uma pessoa me agrediu com palavras. Insistiu várias vezes com os insultos, usando sempre a mesma palavra. Eu sentia que uma espada me penetrava, cada vez que repetia aquela palavra maldita. O semblante da pessoa se congestionou, mostrando as rugas, feitas pelo tempo, muito mais evidenciadas pelo rancor que sua face mostrava. Confesso que muitas daquelas rugas eu quase não notava. Sua face, transtornada, não era a face de um anjo. Era a de satanás.

Aquela pessoa, naquele momento, anulava todas as suas muitas virtudes para se tornar instrumento do maligno. Por isso, sua fisionomia era tão carregada, tão feia.  Eu poderia dizer que estava diante de uma pessoa totalmente diferente e horrorosa.

Essa face transtornada vai se tornando comum. Passa a ser o retrato constante daquela criatura que só sabe reclamar, que só sabe se lamentar, que só sabe amaldiçoar o dia que está vivendo.

De nossas vidas, o passado é território do demônio. O presente é o tempo que podemos administrar. O futuro a Deus pertence e, como a vida de cada um de nós é uma coleção de momentos, a sabedoria de viver bem é transformar cada um desses momentos e instantes dignos de serem lembrados no futuro.

Nós não devemos brigar porque ficamos mais feios e para essa feiura não há truque de maquiagem que dê jeito porque não se empana a feiura espiritual.

Prof. Valter Martuscelli-oscd

Valter Martuscelli
Valter Martuscelli

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).