Inicio » Montes Claros » Montes Claros – PM reage a assalto e deixa um bandido ferido na Vila Guilhermina

Montes Claros – PM reage a assalto e deixa um bandido ferido na Vila Guilhermina

Na noite desta sexta-feria (13/11/2015), um PM foi alvo de um assalto no um posto de combustíveis na Av. João Luiz de Almeida, na Vila Guilhermina, em Montes Claros.

De acordo com as primeiras informações eram quatro (04) os bandidos, que tentaram roubar um homem que estava repostando nesse momento. Eles chegaram a levar a carteira do mesmo.

A vítima é um PM que desceu do carro e revidou a tentativa de assalto.

Os quatro correram, foram perseguidos e três entraram em um carro, estacionado em um rua perto do posto.

O PM fazendo uso da arma de fogo acerto um dos bandidos na na cabeça e joelho.

Os três, que estavam no veículo, foram detidos pelo PM e o quarto assaltante ainda é procurado.

O baleado foi encaminhado para um hospital e o militar se apresentou no quartel e teve a arma recolhida.

Galeria de Imagens:

AqeHAA0OY5Z_At1dYIjjFNdErq8WAqKVXdLYOCLHL5xQ

.

AmR_hFHnYFe5TSKztzIzwkqB--r6G--2YMIAXbKeTDVN

.

.

.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).