Inicio » Cultura MOC » Montes Claros – Festa do Pequi foi um sucesso e atraiu mais de 10 mil pessoas

Montes Claros – Festa do Pequi foi um sucesso e atraiu mais de 10 mil pessoas

Montes Claros – Festa do Pequi foi um sucesso e atraiu mais de 10 mil pessoas

Cerca de dez mil pessoas prestigiaram a 25º Festa Nacional do Pequi, realizada na Praça dos Jatobás, no Bairro Morada do Sol, segundo estimativa da Polícia Militar.

Montes Claros - Festa do Pequi foi um sucesso e atraiu mais de 10 mil pessoas
Montes Claros – Festa do Pequi foi um sucesso e atraiu mais de 10 mil pessoas

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Foram três dias de programação, de sexta-feira (4) a domingo (6), numa promoção da Prefeitura de Montes Claros, através da Secretaria Municipal de Cultura, comandada pelo artista plástico Carlos Muniz. A maior concentração foi registrada no sábado (5), quando segundo a PM, mais de 6 mil pessoas participaram da Festa, sendo que na sexta e no domingo, a média foi de 2 mil frequentadores. A estrutura montada proporcionou total segurança aos participantes, sem registros de incidentes.

A abertura oficial foi na sexta-feira (4), por volta das às 19 horas. Muita alegria e descontração agitaram o evento, que contou com a presença em peso do público montes-clarense e norte-mineiro. Uma mega estrutura, com barracas de comidas típicas e de artesanato foi montada. Os shows ficaram por conta do grupo Mystery Magical Band e Cavalo de Fogo. No sábado, houve apresentação de Marcos Paracatú e concurso de arroz com pequi, no Mercado Central. O prato vencedor do primeiro lugar foi feito por Maria Aparecida Lopes, sendo que o segundo lugar ficou com Enésio Freitas e, em terceiro, Pedro Jerônimo Neto. A partir das 20 horas, na Praça dos Jatobás, foi a vez do cantor Beto Alves, para em seguida ocorrer o 11º Festival de Música, vencido pela dupla Paulo César e Hindira Freitas. O cantor Wilson Sideral foi o destaque da noite, agitando o público.

No domingo, a festa foi encerrada com chave de ouro, com homenagem ao cantor Tião Carreiro. Na oportunidade, 20 violeiros se apresentaram na Praça dos Jatobás, numa parceria com a Associação dos Repentistas Populares do Norte de Minas.

O secretário da Cultura, Carlos Muniz, ressaltou a importância do evento. Para ele, a festa é a identidade de Montes Claros e serve para resgatar a cultura regional: “Enquanto em cidades como Japonvar existe a festa do biscoito, nós fazemos um evento em cima do nosso fruto maior que é o pequi. Esta é uma atração onde se promove um grande festival de música em que se resgatam as canções com raízes norte-mineiras e nordestinas, além de exaltar a cultura culinária do pequi.”, acrescentou.

Lucas Santos Carvalho, morador do Bairro Maria Cândida, compareceu ao evento, pela segunda vez, e elogiou a estrutura e a festa como um todo. Carla Aparecida, residente no Bairro Morada do Sol, salienta que a festa superou as expectativas. Segundo ela, o espaço escolhido para o evento é adequado, uma vez que proporciona melhor circulação das pessoas. Quem também curtiu muito as atrações foi Fábio Silveira, morador do Centro de Montes Claros: “Sempre que tem evento desse tipo, a gente tenta prestigiar porque é muito bom”, afirma.

.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Mortes por afogamento crescem 14% em Minas Gerais

MG – Mortes por afogamento crescem 14% em Minas Gerais

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.MG – Mortes …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).