Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Puta Ladrona

Montes Claros já teve sua época dourado do sexo, fora considerada a capital brasileira das meretrizes de alto gabarito, andava-se milhares de quilômetros para algumas horas de prazer. O mais famoso andarilho seria um assessor de Getulio Vargas nos anos 30, que viera especialmente para comer Irina Cabocla, “A bunda de sereia” assim era chamada a linda mulata de 1,80 m lábios carnudos, seios fartos de bicos atiçados e uma bunda que a mulher Melão cairia passada de inveja. Esta escultura em pessoa hoje relembra sentada na varanda da sua  casa no bairro Edgar Pereira, com um chale preto  jogado nas costas, balançando na cadeira da vovó, é o que  ela realmente é, a vovó amada do nosso amigo tocador de sanfona, Flavio Gonzaga que brinca sem remorso, “O homem de confiança do Presidente Getulio Vargas já comeu vovó!” E ela lisonjeada completa; “Já dei para Newton Santos, Garrincha e Zagalo numa mesma noite, só não dei para Pelé porque ele foi dormir bêbado!” A sintese desta história é para ilustrar o que pretendo contar, um dos últimos refúgios dos homens que gostam do sexo pago lá nas imediações da Praça de Esportes, chegou Lopes, vamos chamá-lo assim para evitar processos futuros. Estava bem alterado na bebida, passou pela porta entrou naquela sala de luz baixa, as cores vermelha e azul se soltando da luminária e ele olhando a cara das mulheres sentadas nas mesas, de repente ele viu, foi tesão a primeira vista. Baixinha, peituda, coxa roliça e uma mini saia jeans deixando ver a calcinha branca de rendas. Foram para o quarto e ele queria um beijo, ela disse que para beijar era mais dez reais, e tome-lhe beijo. Depois de saciado na frente ele pediu para engatar na rabeta, ela disse que na rabeta era mais vinte e tome-lhe na rabeta. Após matar a sede, elogio seu hálito de porra doce e seus olhos verdes, ela respondeu que estava em horário de serviço qualquer tempinho a mais seria mais trinta reais, e ficaram um tempinho a mais. No final quando a cafetina bateu o dedo na calculadora o rombo foi de 400 reais.  Ele pagou e foi embora, quando acordou no dia seguinte a cabeça doía com  a mulher pedindo dinheiro para a feira, o aluguel, a luz, a água, e da prestação do tanquinho de lavar. Só lhe sobrara 300 e alguma coisa, pois seu salário é o mínimo. Antes de tentar mentir ela já sabia por bocas anônimas que o vira na Zona, mas ele inventou que passara lá  para combinar uma pintura na parede de um cômodo, e achava ter sido roubado por uma das putas.

Riso da Hora

A loira não conseguia passar no teste para nenhum emprego. Resolveu tomar uma atitude extrema para ganhar dinheiro: – Vou seqüestrar uma criança! – pensou! Com o dinheiro do resgate eu resolvo a minha vida… Ela encaminhou-se para um playground, num bairro de luxo, viu um menino muito bem vestido, puxou-o para trás da moita e foi logo escrevendo o bilhete: ‘Querida mãe isto é um seqüestro. Estou com seu filho. Favor deixar o resgate de R$10.000,00, amanhã, ao meio-dia, atrás da árvore do parquinho. Ass: Loira seqüestradora ‘ Então ela pegou o bilhete, dobrou- o e colocou no bolso da jaqueta do menino, dizendo: – Agora vai lá e entrega esse bilhete para a sua mãe. No dia seguinte, a loira vai até o local combinado. Encontra uma bolsa. Ela abre, encontra R$10.000,00 em dinheiro e um bilhete junto,dizendo: ‘Está aí o resgate que você pe diu. Só não me conformo como uma loira pôde fazer isso com outra…’

Fica assim amanhã tem mais…

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).