Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Projeto dá exemplo de sustentabilidade em Glaucilândia

Norte de Minas – Projeto dá exemplo de sustentabilidade em Glaucilândia

Norte de Minas – Projeto dá exemplo de sustentabilidade em Glaucilândia

Com o objetivo de levar a sustentabilidade para as comunidades rurais de Glaucilândia, a Emater desenvolveu o projeto “Menos Lixo, Mais Segurança Alimentar”.

Norte de Minas - Projeto dá exemplo de sustentabilidade em Glaucilândia
Norte de Minas – Projeto dá exemplo de sustentabilidade em Glaucilândia.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

O mesmo proporciona aos agricultores familiares a aquisição de mudas frutíferas, pintainhas e sementes de hortaliças, através da troca de materiais recicláveis, como ferro, metal, matérias, papelão e plástico.

Cabe ressaltar que este modelo de troca foi inspirado nos trabalhos do Padre Bessa, que desenvolve ações de combate à Dengue realizando a troca de reciclados por pão de queijo, pequi ou material escolar.

O Extencionista Agropecuário da Emater-MG, Antônio Dumont, foi o autor desta ideia e juntamente com os colegas de trabalhos colocou em ação. O projeto começou a ser executado em março deste ano e os resultados já alcançados são enormes. “Através das visitas às propriedades atendidas pelo Programa Brasil Sem Miséria, eu percebi que os quintais estavam muito sujos, e fizemos uma proposta aos agricultores para fazer um mutirão e recolher esses lixos, mas não funcionou. Então pensamos que se conseguíssemos fazer trocas com estas famílias, seria mais produtivo. Com isso, ganhamos sementes de hortaliças e mudas frutíferas, e logo começamos a divulgar o projeto no município, através das reuniões com o Conselho Defesa Meio Ambiente e Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável. Na troca dos materiais recicláveis, eles ganhariam as mudas e sementes. Houve grande repercussão, pois os produtores perceberam que estavam perdendo em não deixar o quintal limpo.”, explica.

No total foram distribuídas 2000 mudas frutíferas, 1200 pintainhas, 200 mudas de chuchu e 58 kits de sementes hortaliças, para 183 agricultores. Foram coletados 1815 kg de ferro, 350 kg de metal, 400 kg de papelão e 184 kg de plástico. Os materiais recicláveis são colocados em alguns pontos das comunidades e no escritório da Emater. O caminhão da empresa que recebe esses materiais vai até o local e os recolhe.

Ainda de acordo Dumont, além do aumento na renda dos agricultores, diminuíram os focos de doenças, os acidentes domésticos, morte de animais por ingestão de plásticos, melhorias nas alimentações com as hortaliças e frangos. As mudas frutíferas ainda não apresentaram resultados de produção, pois não desenvolveram o tempo necessário. “A partir destes resultados, aumentou a segurança alimentar dos produtores e eles estão com os quintais mais limpos, melhorando suas condições de vida”, fala.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).