Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Ruy Muniz o “Anjo Perseguido”

Está sendo comovente para a população mundial,  rios de lágrimas se escorrem pelos olhos mal informados e daqueles que precisam levar vantagens. Ruy Muniz  aparece na televisão ao lado da santa e Deputada esposa que nunca deu 50 reais para o pessoal de Capitão Enéas votar nela. Se Ruy se deitasse no seu colo com a cara teatral que estão fazendo, seriam a moderna “Pietá”. Em entrevista,  o Prefeito de Montes Claros chorou, pediu toddynho e babador, depois listou uma por uma das pessoas que o perseguem, pasmem com a lista. Sua fala na integra sem edição nem cortes: “Gente de Montes Claros, meu povo amado (pausa para enxugar lágrimas) eu não queria fazê-los sofre assim comigo, mas devido ao grande amor que me tens preciso compartilhar o meu sofrer. Mesmo querendo  que o nosso natal fosse de vastas realizações e motivos para alegrias. Porém forças ocultas e aparentes me perseguem todo o tempo, e eu não estou suportando mais. (pausa para chorar) Eu não quero sair da vida para entrar para a história como fizera Getulio. Por isso gostaria que partir de agora vocês tomassem nota dos meus algozes perseguidores; que começa com um pombo branco que sempre caga na minha cabeça quando chego na prefeitura, ultimamente estou usando até chapéu para proteger. Depois um cachorro vira-latas que dorme na praça da Matriz, sempre que descuido morde meu calcanhar. Em sete de Setembro fui caçado por uma India de arco e flecha, se não houvesse a intervenção de um soldado valente, eu teria sido almoçado por aquela Tupinambá. Paulo Guedes me persegue, ameaçando tomar minha prefeitura, o pior é que tem gente que vai na onda. Eduardo Madureira não me deixa em paz, não consigo pedir dinheiro emprestado para comprar um frigideira para ovos que a cozinheira quer de presente. A Policia Federal quer descobrir meus segredos, O Ministério Público não me entende. Ontem pedi a Deus que me tornasse milionário com um prêmio da mega-sena, ele nem me respondeu. Tive vontade de decorar o centro de Montes Claros com bolas grandes e coloridas para lembrar a piscina de bolinhas que eu gostava de brincar quando criança, mas a população foi contra. No inicio do mandato fiz uma brincadeira de primeiro de abril, dizendo que entregaria uma obra por mês, essa mesma população que me persegue vive a cobrar. E agora o maior de todos os absurdos, paguei por instrumentos caríssimos importados da Alemanha, paguei documentação para fazer entidade se tornar filantrópica, quero montar um hospital para mim não depender de estado e, os perseguidores não me deixam realizar. Isso é Foda, rezem por mim e por Quelzinha, nós somos inocentes! Acredite leitor, não seja mais um perseguidor!” 

Riso da  hora

Um senhor morre e o seu melhor amigo vai ao velório.

Ele pra fazer bonito resolve dizer algumas palavras…

mas sua dentadura cai sobre o caixão e para não pagar mais mico ainda, diz:

– Vai amigo, leva meu último sorriso. 

Fica assim,  amanhã tem mais…

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.


------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).