Inicio » Minas Gerais » MG – Governo de Minas confirma desligamento de efetivados da Lei 100

MG – Governo de Minas confirma desligamento de efetivados da Lei 100

MG – Governo de Minas confirma desligamento de efetivados da Lei 100

MG - Governo de Minas confirma desligamento de efetivados da Lei 100
MG – Governo de Minas confirma desligamento de efetivados da Lei 100

PUBLICIDADE

///////////////////////////

De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, o número de pessoas que serão afetadas pela medida ainda não está fechado.

O governo de Minas confirmou o desligamento dos servidores efetivados pela Lei Complementar 100 até o dia 31 de dezembro. Em nota, o executivo estadual explicou que a decisão foi tomada em cumprimento a uma determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), que considerou a lei inconstitucional.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Ainda de acordo com o comunicado do governo, os servidores que estiverem em condições de se aposentar até a data limite – 31 de dezembro – serão aposentados pelo Regime Próprio de Previdência do Estado de Minas Gerais. De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, o número de pessoas que serão afetadas pela medida ainda não está fechado, uma vez que ainda há prazo para que sejam feitos os pedidos de aposentadoria.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).