Inicio » Internacional » Ásia » Brasileira é encontrada estrangulada no Japão

Brasileira é encontrada estrangulada no Japão

Brasileira é encontrada estrangulada no Japão

Akemy Maruyama morava no país há uma década e deixa duas filhas
Akemy Maruyama morava no país há uma década e deixa duas filhas

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

Brasileira de 27 anos nascida em Campo Grande é encontrada morta em um apartamento incendiado na cidade japonese de Handa, na província de Aichi, a 340 quilômetros de Tóquio.

No local também havia outro corpo ainda não identificado, mas a suspeita é de que seja da irmã de Akemy, Michelle Maruyama, de 29 anos.

Akemy Maruyama morava no país há uma década e deixa duas filhas, uma de cinco e outra de três anos de idade, que estão em um abrigo. Segundo a imprensa japonesa, os bombeiros chegaram no apartamento na última quinta-feira (31) para combater o incêndio e encontraram os corpos carbonizados, com marcas de estrangulamento.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

O principal suspeito é de que o autor do crime seja um peruano, ex-marido de Akemi. Eles foram casados durante seis anos e estavam separados há três meses e, segundo a mãe da vítima, Maria Amarilha Scardin, que vive em campo grande, ele fazia ameaças.

Maria Amarilha quer trazer as duas netas para o Brasil.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).