Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Barragem de Juramento atinge a média histórica

Montes Claros – Barragem de Juramento atinge a média histórica

 

Mesmo o reservatório tendo atingido 64% de seu nível, a Copasa alerta que o plano de racionamento continuará durante os meses de seca.
Montes Claros - Barragem de Juramento atinge a média histórica
Montes Claros – Barragem de Juramento atinge a média histórica

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.

As chuvas das últimas semanas superaram as expectativas do Norte de Minas. A Barragem de Juramento, que deságua na barragem do Sistema Rio Verde Grande e atende 70% da população de Montes Claros, maior cidade da região, com 394 mil habitantes, estava com volume morto, de apenas 16%, e atingiu a média histórica prevista para este mês, aumentando para 64%.

O sistema Morrinhos, que abastece os outros 30%, teve sua capacidade máxima revitalizada, pois o mesmo não consegue acumular muita água, já que sua captação é a fio d’ água.

De acordo com a Copasa, a barragem de Juramento é o manancial mais importante dos sistema que abastece Montes Claros, e mesmo que tenha chegado a 64%, esse nível representa apenas 25%, pois os outros 36% são usados como reserva estratégica, que vem sendo captada desde agosto do ano passado.

.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

.
Essa reserva estratégica é o volume que não consegue captar na gravidade de uma seca. Na última sexta-feira (22), a Copasa desligou as bombas de água que captam essa reserva, pois seu limite já havia sido ultrapassado. Mesmo assim, a barragem precisa de mais água para alcançar um volume útil que dê para o ano todo, até a chegada do próximo período chuvoso – explica Antônio Carlos Câmara, gerente do distrito regional da Copasa, em Montes Claros.

De acordo com o gerente, a expectativa é que a barragem possa atingir seu ponto máximo, de 45 milhões de metros cúbicos, e assim garantir o abastecimento durante todo o ano de 2016.

Devido à forte estiagem que a região vem passando nos últimos quatro anos, tivemos que fazer um plano para que a população não ficasse sem água. Em seguida, fizemos o racionamento de água e dividimos os bairros da cidade em blocos para acontecer o rodízio. Esses 25% foram captados sem necessidade de bombear, que é considerado o volume útil para alguns meses – esclarece.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).