Inicio » Últimas » MG – Seda e organismo internacional contratam consultoria técnica para projeto no Jequitinhonha

MG – Seda e organismo internacional contratam consultoria técnica para projeto no Jequitinhonha

 

Objetivo é elaboração de diagnóstico para o desenvolvimento rural sustentável da região. Estudo prevê ações ambientais e sociais.

O Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA),  em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda), lança edital de contratação para uma vaga de consultoria técnica especializada. O objetivo é a elaboração de estudo exploratório que garanta um desenvolvimento rural sustentável no Vale do Jequitinhonha.

Estudo trata do desenvolvimento rural sustentável no Vale do Jequitinhonha
Estudo trata do desenvolvimento rural sustentável no Vale do Jequitinhonha

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Os interessados deverão se candidatar no site www.iicabr.iica.org.br/pessoa-fisica/ até o dia 15 de fevereiro. É obrigatória experiência de, no mínimo, cinco anos na área de agricultura familiar.

O projeto surgiu a partir de reunião em Belo Horizonte com a direção do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), agência especializada da ONU, e o IICA. Após visita à sede das Nações Unidas, situada em Salvador, o Estado de Minas Gerais passou a fazer parte da rota de investimentos do FIDA. A necessidade de um diagnóstico mais elaborado contribuiu com a criação do edital que é uma parceria entre a Seda, FIDA, IICA e Projeto Semear.

De acordo com o secretário Glenio Martins o projeto abrange duas vertentes importantes. “A primeira é a necessidade de fazer a recuperação ambiental do Rio Jequitinhonha, preservando as nascentes e aumentando a capacidade hídrica do rio”, diz.

Outro foco da Seda é fazer uma atuação mais efetiva, garantindo investimentos sociais e produtivos consideráveis na região. “Já atuamos no Vale do Jequitinhonha com a regularização fundiária, lugar onde concentra a maior demanda por titulação, agora a estratégia é levar novas tecnologias e novas culturas”, completou Martins.

Para a vaga, o candidato deverá apontar iniciativas de proteção e recuperação de nascentes, fomento de sistemas produtivos sustentáveis e fortalecimento da economia local.  O Vale do Jequitinhonha, juntamente com o Norte de Minas Gerais, é a região com a maior densidade de agricultores familiares do estado.

O profissional a ser contratado deverá possuir requisitos como curso superior em Ciências Agrárias, Ciências Sociais ou áreas afins e mestrado em desenvolvimento rural.

Sobre o IICA

O IICA é um organismo internacional, especializado em agricultura e bem estar rural, e está vinculado à Organização dos Estados Americanos (OEA). O instituto segue uma visão moderna sobre os desafios da agricultura, e visa à realização de uma agricultura competitiva, sustentável e inclusiva para as Américas.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).