Inicio » Minas Gerais » Alto Paranaíba » MG – Araxá investiga primeiro caso suspeito de Chikungunya

MG – Araxá investiga primeiro caso suspeito de Chikungunya

 

A mulher, que não teve o nome e nem a idade revelada, pode ter sido infectada pela doença durante uma visita a familiares que moram no Estado da Paraíba.

MG - Araxá investiga primeiro caso suspeito de Chikungunya
MG – Araxá investiga primeiro caso suspeito de Chikungunya

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Araxá, cidade da região do Alto Paranaíba, investiga o primeiro caso suspeito de febre Chikungunya no município. A paciente procurou uma Unidade de Saúde se queixando de dores articulares, segundo informou a Secretária Municipal de Saúde.

Para o órgão, a mulher, que não teve o nome e nem a idade revelada, pode ter sido infectada pela doença durante uma visita a familiares que moram no Estado da Paraíba. “É uma paciente que que veio de uma região com alto índice de Chikungunya, inclusive, com casos registrados na família que mora no outro Estado”, disse a nota enviada pela secretaria.

A paciente já passou analise médica e a Dengue já foi descartada. Agora, ela realizou um exame específico para Chikungunya. O material coletado da mulher foi encaminhado para Belo Horizonte, onde passará por análise.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

A Secretária Municipal de Saúde ainda afirmou que não há registro de outros casos do gênero na cidade.

Sintomas

O Ministério da Saúde alerta para febre repentina acima dos 39 graus, acompanhada de fortes dores de cabeça e nas articulações dos pés e das mãos.

Além desses sintomas, é possível ocorrer manchas vermelhas na pela. No entanto, o órgão alerta que 30% dos casos não desenvolvem o sintomas.

O Ministério Público disponibiliza em sua página na internet informações sobre a doença. Para obter mais dados, basta acessar o link do órgão.

Belo Horizonte

Na capital mineira, a prefeitura realiza nesta segunda-feira (15) a capacitação de 270 militares do Exército Brasileiro que vão atuar no combate ao mosquito Aedes Aegypti no município.

Segundo a prefeitura, os militares são conscientizados sobre a doenças transmitidas pelo mosquito. Além disso, eles receberam informações sobre o comportamento do vetor e serão instruídos sobre as formas de combate que poderão ser executadas durante as vistorias nos domicílios.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros - PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Montes Claros – PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).