Inicio » Internacional » Europa » Rússia anuncia primeiro caso de Zika Vírus no país

Rússia anuncia primeiro caso de Zika Vírus no país


Reviewed by:
Rating:
5
On 15 de fevereiro de 2016
Last modified:15 de fevereiro de 2016

Summary:

Rússia anuncia primeiro caso de Zika Vírus no país

 

A doente foi hospitalizada em Moscou e o seu estado é “satisfatório”. “As análises laboratoriais revelaram a presença do vírus Zika na doente”.

O vírus Zika foi detectado em cerca de 30 países da América Latina e Caribe
O vírus Zika foi detectado em cerca de 30 países da América Latina e Caribe

Natura

///////////////////////////

A Rússia anunciou nesta segunda-feira (15) o primeiro caso de vírus Zika no país, em uma mulher infectada na República Dominicana, para onde viajou de férias.

De acordo com o departamento de Consumo (Rozpotrebnadzor), a doente foi hospitalizada em Moscou e o seu estado é “satisfatório”. “As análises laboratoriais revelaram a presença do vírus Zika na doente”, explicou a mesma fonte.

As autoridades sanitárias russas mantêm sob observação os familiares mais próximos da mulher infectada.

O Boticário

///////////////////////////

O avião no qual a mulher regressou à Rússia foi desinfectado “para evitar riscos para a saúde dos passageiros”, acrescentou.

O vírus Zika foi detectado em cerca de 30 países da América Latina e Caribe. Em 1º de fevereiro, a Organização Mundial de Saúde declarou emergência de saúde internacional, devido à possível relação entre os casos de microcefalia em recém-nascidos registrados no Brasil com o vírus Zika.

Transmitido pela picada de mosquitos do Aedes aegypti, o Brasil é o país mais atingido no mundo pela epidemia de Zika, com três mortes confirmadas, seguindo pela Colômbia.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).