Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

 

Dejetos mentais

A questão não é a cor do cabelo, já está comprovado que o estereotipo de burra a loira carrega de vacilo, já que falta de miolo se divide com morenas, ruivas, pardas, negras, zarolhas, lésbicas, obreiras, missionárias e prostitutas, sem esquecer daquelas que não desgrudam o olho do Big Brother, Fazenda, Programa do Silas Malafaia, RR Soares e outras fedorencias midiaticas. Bem, isso foi para dizer de o mico do ano, cometido  pela agora hiper conhecida Hayla Nobre que estampa na pagina do facebook percing na sobrancelha e argola no nariz, uma série de comentários “tipo assim” também estão lá para serem lidos. Ela postou sorridente uma self ao lado de uma moça careca, pálida e sorriso forçado. Com os dizeres; “Feliz demais com minha amiga, estou sabendo por meio de terceiros que ela está fazendo QUIMIOTERAPIA. Ela ainda não me contou em que  Faculdade está, mas sei que surpresas me aguardam. # Feliz demais por ela. Pouco depois de publicado, a mensagem com a foto foi  desativada. Na sua página a mãe da garota se diz indignada por sua  filha estar sendo vitima de Bullyng e as autoridades sanitárias não fazerem nada.

Você precisa saber sobre o mundo Gay

Você convive todos os dias com pessoas que admira e que talvez não desconfie que sejam gays. Certa vez conheci uma senhora, a dona Ana, com quem conversei por algum tempo num trajeto qualquer de ônibus. Eu a ajudei a passar com uma bolsa pesada pela roleta e me sentei próximo dela ao longo da viagem. Gosto de ouvir histórias e costumo dedicar mais atenção do que as pessoas esperam ao que elas têm a me contar. Conheci alguns detalhes da vida da dona Ana, contei algo da minha rotina e lá estávamos nós em mais um desses esbarrões inesperados que nos brindam com um pouco mais de humanidade em meio à correria mecanizada e antipática do dia a dia. Até que, pouco antes de fazer sinal para descer no ponto seguinte, a dona Ana resolveu me elogiar. Para ela, eu era “um rapaz à moda antiga, educado e atencioso como há muito não se vê, bem diferente dessa juventude cheia de coisas erradas que faz do mundo algo cada dia pior”. De repente ela olhou para a janela e disse  urgente ao motorista que precisava  descer,  foi me arrastando e e implorando  que eu descesse também, sem desconfiar de nada segui seu comando e nos sentamos em uma espécie de bar com um reservado de um grande corredor nos fundos, parecia uma pensão. Dona Ana tomou gulosamente uma dose de bacardi e uma cerveja , acendeu um cigarro e disse secamente; “Desculpe meu filho, mas preciso dar pra você, me coma aqui mesmo! Tem uns quartos baratinhos, mas limpinhos aqui! Tire as minhas telhas de aranha!”

Riso da Hora

Manuel vai ao Brasil e fica maravilhado com o palito que risca e acende fogo na ponta, o fósforo, e empolgado, manda várias caixas pra Maria.
Dias depois, ele liga pra ela, perguntando se ela havia gostado:
Ò Manuel, isso não funciona. Eu risco, risco, risco, e não acende !
Ora, pois. Mas como não, se eu já testei todos!!!!

Fica assim, amanhã tem mais…

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Nova música de Sia traz letra que empodera mulheres

Nova música de Sia traz letra que empodera mulheres

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.Nova música de …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).