Inicio » Últimas » Vôlei – Força coletiva e regularidade são trunfos do Montes Claros Vôlei na jornada dupla no RS‏

Vôlei – Força coletiva e regularidade são trunfos do Montes Claros Vôlei na jornada dupla no RS‏

 

Depois de fazer o dever de casa e garantir a suada vaga nos playoffs, vencendo o Canoas de virada por 3-1, o Montes Claros Vôlei tem ainda três últimos embates pelo returno.

Vôlei - Força coletiva e regularidade são trunfos do Montes Claros Vôlei na jornada dupla no RS‏ - Foto: Lully Mel /MCV
Vôlei – Força coletiva e regularidade são trunfos do Montes Claros Vôlei na jornada dupla no RS‏ – Foto: Lully Mel /MCV

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Na 5ª posição, com 32 pontos e 12 vitórias, o Pequi Atômico quer manter a constante na reta final da fase de classificação. As rodadas que seguirão a partir desta quinta-feira (3/3) prometem movimentar a Superliga Nacional. Isso porque, na ponta inferior da tabela, pelo menos três equipes ainda brigam por uma vaga nos playoffs.

O Voleimoc tem a sequência de dois confrontos no Sul do país. A equipe de Talmo de Oliveira enfrenta o compacto Vôleisul/Paquetá Esportes, na noite desta quinta-feira (3), às 20h, no ginásio da Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo, e no sábado (5/3), às 20h, pega a sólida equipe de Bento Vôlei/Isabela. Apesar de antecipar a classificação, a equipe mantém o foco na perspectiva de vitórias sempre. Não há espaço para pessimismo. Pelo contrário! 

O returno da equipe norte-mineira está desenhado assim: 8 jogos, 5 vitórias e três derrotas. A máxima de que a coletividade é determinante para os bons resultados sugerida por Marcelinho Ramos reverbera na equipe conduzida por Talmo.  O jovem Kadu e o experiente e multicampeão André Nascimento, na saída de rede, têm desempenhado papel importante para a manutenção dessa regularidade, que é sustentada, principalmente, pela evolução da defesa atenciosa de Kachel e Gianzinho, bem como dos passadores. Um pedido constante do técnico nos treinos táticos no Tancredo Neves, não há dúvida que o passe de qualidade evoluiu bastante nos últimos jogos. As estatísticas da equipe apontam para isso.

Em busca da regularidade 

O Montes Claros Vôlei, apesar de ter sofrido uma baixa com a saída do técnico Marcelinho Ramos por problemas de saúde – substituído por Talmo de Oliveira – vive, contudo, um dos melhores momentos na competição.  A regularidade nos pontos decisivos e a versatilidade de atletas no banco de reserva têm sido pontuais para esta evolução. Regularidade que é percebida não apenas no returno, mas no histórico do elenco na competição. Veremos.

“Buscamos constantemente a regularidade. Todos os atletas têm que estar preparados para revezarmos. No momento em que um atleta não estiver bem, vamos ter outros que vão entrar e dar conta do recado. Temos tido uma regularidade boa de saque, poucos erros. Se conseguirmos evoluir nesses fundamentos, continuar com essa pegada, pra gente vai ser bom”, projeta Talmo.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

No último confronto entre mineiros e gaúchos pela Superliga, no dia 10 de dezembro de 2015, os montes-clarenses se saíram melhor e venceram por 3-1. O garoto Kadu, na ocasião, foi eleito o melhor em quadra, com 16 pontos. “O próximo jogo é sempre o mais difícil”, define Talmo de Oliveira.

Por Andrey Librelon

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Nova música de Sia traz letra que empodera mulheres

Nova música de Sia traz letra que empodera mulheres

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.Nova música de …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).