Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Aumenta mortalidade e cai o número de atendimentos nos Hospitais de Montes Claros

Montes Claros – Aumenta mortalidade e cai o número de atendimentos nos Hospitais de Montes Claros

 

Hospitais de Montes Claros realizam 100 mil procedimentos a menos em um ano. Índices de mortalidade e permanência hospitalar são alarmantes.
A maior queda no número de procedimentos realizados foi registrada no hospital Aroldo  Tourinho, com 23% a menos, na comparação entre 2014 e 2015
A maior queda no número de procedimentos realizados foi registrada no hospital Aroldo Tourinho, com 23% a menos, na comparação entre 2014 e 2015

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Relatório apresentado pela secretaria municipal de Saúde (SMS) aponta dados alarmantes sobre o número de exames, consultas e cirurgias realizados nos hospitais de Montes Claros após a Gestão Plena de Saúde ser assumida pelo governo do Estado.

Entre os índices apresentados pela SMS, um dos dados alarmantes é o aumento no índice de mortalidade. Em 2014, ainda sob gestão do município, este índice era de 4,85. Já em 2015, sob a coordenação do Estado, o índice subiu para 5,84. Já a média de permanência em hospitais foi de 5,6 para 6 no mesmo período.

O que chama a atenção, ainda, é o número de procedimentos, que despencou em mais de 100 mil em menos de um ano. Em 2014, os procedimentos que envolvem consultas, exames e realização de cirurgias totalizaram 475.914, já no mesmo período de 2015 o número caiu para 375.234.

A queda maior foi registrada no hospital Aroldo Tourinho, com 23% a menos no número de procedimentos, seguido pela Santa Casa, com 19%. Os dados da SMS chamam a atenção para alguns procedimentos que foram reduzidos drasticamente, como no caso do número de exames de ultrassom realizados na Santa Casa, que caíram de 3.169 para 993 entre 2014 e 2015.

As endoscopias realizadas no hospital Universitário Clemente de Faria também chamam a atenção, sendo reduzidas de 486 para 57 no mesmo período. Já no Aroldo tourinho, o mesmo exame apresentou uma redução de 28 para 0.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Ana Paula Nascimento, a redução nos procedimentos reflete a falta de fiscalização sobre os hospitais.

Quando o município tinha a Gestão plena, equipes atuavam em todos os hospitais da cidade para exercer este controle. Hoje não vemos isso e o reflexo está na drástica redução da oferta de serviços – pontua Ana Paula.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Padre Ezequiel Dal Pozzo

Coluna do Pe. Ezequiel Dal Pozzo – A internet e a “minha pátria”

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Coluna do Pe. …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).