Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros recebe Prêmio Nacional de Direitos Humanos

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros recebe Prêmio Nacional de Direitos Humanos

 

A Santa Casa de Montes Claros, por meio da Maternidade Irmã Beata, foi agraciada com o Prêmio Nacional de Direitos Humanos, concedido pela Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos Humanos da Presidência da República, em reconhecimento ao trabalho realizado pela instituição.

Montes Claros - Santa Casa de Montes Claros recebe Prêmio Nacional de Direitos Humanos
Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros recebe Prêmio Nacional de Direitos Humanos

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O maior hospital do Norte de Minas, bem como outras instituições do Estado, foi agraciado na categoria “ Acesso à Documentação Básica”, pelo desempenho do Projeto Unidades Interligadas de Registro Civil de Nascimento, que presta relevante contribuição para a erradicação do sub-registro civil de nascimento e garantia do acesso à documentação básica, fator determinante para o pleno exercício da cidadania.

A maternidade Irmã Beata possui 31 leitos e realiza cerca de 450 partos por mês. O setor possui o título de Hospital Amigo da Criança, concedido pelo Ministério da Saúde em reconhecimento às ações de estímulo ao aleitamento materno e redução da mortalidade materno-infantil, além de ser referência em Maternidade de Alto Risco na região.

Para o Superintendente da Santa Casa, Maurício Sérgio Sousa e Silva, a Santa Casa é merecedora desse prêmio, pois, cumpre, a cada dia, o papel de Hospital Amigo da Criança, oferecendo atendimento humanizado e o acesso à cidadania plena, benefícios garantidos desde os primeiros momentos da vida.

“ Esse reconhecimento é motivo de orgulho e satisfação para toda a nossa equipe, fruto de intenso trabalho realizado em prol da erradicação do sub-registro civil e da  manutenção dos direitos de todo cidadão brasileiro”, avalia.

Funcionamento

A Unidade Interligada de Registro Civil da Santa Casa está instalada na Maternidade Irmã Beata, em funcionamento desde maio de 2014, e até agora já realizou 4.180 registros de recém-nascidos vivos.

O serviço, que vem mais uma vez reafirmar o compromisso do hospital em desenvolver ações que proporcionem às mães e filhos a qualidade e segurança do atendimento humanizado, é fruto de parceria firmada com o Cartório de Registro Civil de Montes Claros, o Tribunal de Justiça de Minas Gerais, a Corregedoria-Geral de Justiça, o Governo Federal, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese) e o Sindicato dos Oficiais de Registro Civil das Pessoas Naturais de Minas Gerais (Recivil).

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Na Unidade Interligada, após o nascimento do bebê, os pais são encaminhados ao posto e apresentam a documentação necessária para o registro. O funcionário responsável envia os dados para a sede do cartório, via internet. O cartório recebe os documentos, faz o registro e emite a certidão de nascimento eletronicamente. Na Unidade Interligada, o preposto imprime a certidão, sela, carimba, assina e entrega ao declarante. Todo o processo dura cerca de 15 minutos. Ao receberem alta hospitalar, as mães já contam com a documentação, que assegura uma série de benefícios aos seus filhos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Acidente deixa uma pessoa morta na BR-251

Norte de Minas – Acidente deixa uma pessoa morta na BR-251

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).