Inicio » Minas Gerais » MG – Polícia busca em Minas suspeitos das ofensas racistas à Taís Araújo

MG – Polícia busca em Minas suspeitos das ofensas racistas à Taís Araújo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro busca em Minas Gerais os autores das ofensas racistas à atriz Taís Araújo, publicadas no Facebook da global. A operação, coordenada pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), ocorre simultaneamente em São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Bahia.

Os ataques se referiam ao cabelo da atriz global
Os ataques se referiam ao cabelo da atriz global

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Segundo o delegado Alessandro Thiers, da DRCI, a corporação espera desarticular o grupo criminoso e, para isso, cumpre quatro mandados de prisão e onze mandados de busca e apreensão em várias cidades. Ele não detalhou, contudo, quais municípios são alvos da ação.

As investigações revelaram que os ataques dirigidos a Taís Araújo foram premeditados pelo grupo criado exclusivamente para atacar, de forma racista, perfis nas redes sociais. Além da Taís Araújo, as também globais Sheron Menezzes, Maju Coutinho e Cris Vianna também foram ofendidas na internet.

“O grupo atuava incitando seus membros para o cometimento das atividades ilícitas de discriminação racial. Os incitadores criavam grupos secretos e temporários para potencializá-los, e ainda, chegavam a informar maneiras de mascarar a conexão no intuito de tentar dificultar o rastreamento, objetivando a impunidade por tais crimes”, informou a polícia.

Crime

Os autores das ofensas racistas poderão ser condenados a até três anos de prisão por crime de injúria racial, informou o delegado Alessandro Thiers. A injúria racial está prevista no Código Penal, associada ao uso de palavras que depreciam a pessoa pela cor da pele, raça, etnia, origem e religião. O Código Penal prevê pena de prisão de um ano a três anos, além de pagamento de multa. Já o crime de racismo, previsto na Lei Federal 7.716/1989, atinge uma coletividade de indivíduos. É um crime inafiançável e imprescritível.

Ataques

Os ataques contra Taís Araújo ocorreram em janeiro deste ano depois que a atriz compartilhou uma foto na rede social. Ela foi insultada com comentários como “Te pago com banana”, “Me empresta seu cabelo para lavar louça”, “Pode ser mais clara?”, “Como pode alguém achar bonito esse cabelo de Bombril?”, “Com esse cabelo dá pra lavar a Globo inteira” e “Não sabia que no zoológico tinha câmera”. Na ocasião, mais de cem pessoas curtiram os insultos.

 

É muito chato, em 2015, ainda ter que falar sobre isso, mas não podemos nos calar: na última noite, recebi uma série de…

Posted by Taís Araújo on Domingo, 1 de novembro de 2015

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Norte de Minas – Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).