Inicio » Mais Seções » Entretenimento » Cinema – Filme sobre a luta de mulheres pelo direito ao voto estreia em Montes Claros

Cinema – Filme sobre a luta de mulheres pelo direito ao voto estreia em Montes Claros


Reviewed by:
Rating:
5
On 17 de março de 2016
Last modified:17 de março de 2016

Summary:

Cinema - Filme sobre a luta de mulheres pelo direito ao voto estreia em Montes Claros

As Sufragistas (Suffragette), drama histórico que acompanha o início do movimento feminista e a luta pelo direito ao voto feminino na Inglaterra, estreia em Montes Claros numa Avant première.
As Sufragistas (Suffragette), drama histórico que acompanha o início do movimento feminista e a luta pelo direito ao voto feminino na Inglaterra, estreia em Montes Claros numa Avant première
As Sufragistas (Suffragette), drama histórico que acompanha o início do movimento feminista e a luta pelo direito ao voto feminino na Inglaterra, estreia em Montes Claros numa Avant première

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

As Sufragistas (Suffragette), drama histórico estrelado por Carey Mulligan (“Drive”), Meryl Streep (“A Dama de Ferro”) e Helena Bonham Carter (“Os Miseráveis”) que acompanha o início do movimento feminista e a luta pelo direito ao voto feminino na Inglaterra, estreia em Montes Claros numa Avant première, para convidados nesta sexta-feira (18).

Sobre o filme
O filme se passa na Londres do início do século XX e retrata o crescimento das aparições em público das sufragistas, mulheres que resistiam à opressão de forma passiva, mas, a partir do momento em que começam a encarar uma crescente agressão da polícia, decidem se rebelar publicamente.

A atriz Carey Mulligan interpreta Maud Watts, que trabalha com seu marido em uma lavanderia. Um dia, Maud reconhece uma companheira de trabalho entre os manifestantes de um grande protesto e percebe que deve reivindicar sua dignidade.

O Boticário

///////////////////////////

Helena Bonham Carter faz Edith Ellyn, uma ex-professora que passou a ajudar nas campanhas da organização Women’s Social and Political Union (WSPU), quando viajou pela a Inglaterra para mobilizar mulheres a lutar por seus direitos, incluindo, principalmente, o direito ao voto. Meryl Streep interpreta Emmeline Pankhurst, líder do movimento pelo sufrágio feminino, fundadora da WSPU.

O roteiro do filme foi escrito por Abi Morgan (“Shame“) e a direção é de Sarah Gavron (“Um Lugar Chamado Brick Lane“).

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).