Inicio » Montes Claros » Montes Claros – MCTrans deve iniciar este mês mudanças no trânsito de Montes Claros

Montes Claros – MCTrans deve iniciar este mês mudanças no trânsito de Montes Claros

Depois de lançar o Programa Municipal de Mobilidade Urbana, que revitalizará várias ruas e avenidas no centro comercial e principais vias de acesso aos bairros da cidade, com o propósito de melhorar o setor de transporte coletivo urbano, a Prefeitura de Montes Claros realizará, ainda este mês, licitação para definir as empresas que ficarão responsáveis pela execução de obras visando à implantação do sistema de transporte público conhecido como BRT (sigla em inglês para “Ônibus de Rápido Trânsito”), que utiliza veículos com capacidade para transportar até 150 passageiros, através de faixa de rodagem exclusiva.

MCTrans deve iniciar este mês mudanças no trânsito da cidade‏
MCTrans deve iniciar este mês mudanças no trânsito da cidade‏

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O BRT não deverá ser implantado no curto prazo. Antes serão necessárias importantes adequações de vias públicas que ainda não dispõem de espaços suficientes para receberem o tráfego dos ônibus utilizados no sistema. Montes Claros também não possui, ainda, como exige Lei Federal de 2012, que instituiu diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana, o Plano de Mobilidade Médias Cidades, que conta com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2). Este plano está sendo elaborado pelo município que, inclusive, já preencheu e teve aprovada pelo ministério das Cidades a sua Carta Consulta que o credenciou a receber parte dos recursos de R$ 7 bilhões que a União destina para o custeio dos serviços.

“Concluímos, no entanto, projeto que denominamos Requalificação da Infraestrutura do Transporte Coletivo Urbano para atender o Programa Municipal de Mobilidade Urbana. A iniciativa também se ajusta à norma federal que obriga os municípios, com 250 mil a 700 mil habitantes, executarem obras de mobilidade urbana”, ressalta Ana Luísa Pires, analista de trânsito da MCTrans.

“Quanto às ações ligadas ao Programa de Mobilidade Urbana, daremos início assim que a prefeitura concluir o recapeamento das ruas centrais, sobretudo das ruas Doutor Santos e Camilo Prates que servirão como corredores exclusivos para o tráfego de coletivos urbanos”, acrescenta a analista.

OBJETOS

O projeto concebido pela MCTrans é dividido em quatro objetos, sendo o primeiro deles a utilização das ruas Doutor Santos e Camilo Prates como corredores exclusivos para o transporte público. O segundo trata da sinalização de faixas exclusivas para os ônibus nas avenidas Cula Mangabeira, Geraldo Athayde e João XXIII.

O terceiro objeto está ligado às melhorias nos pontos de embarque e desembarque da Praça de Esportes, Praça Doutor Carlos, Terminal Rodoviário, Avenida Francisco Sá e do Mercado Municipal, onde os serviços serão de envergadura maior.

O BRT não deverá ser implantado no curto prazo. Antes serão necessárias importantes adequações de vias públicas que ainda não dispõem de espaços suficientes para receberem o tráfego dos ônibus utilizados no sistema.
O BRT não deverá ser implantado no curto prazo. Antes serão necessárias importantes adequações de vias públicas que ainda não dispõem de espaços suficientes para receberem o tráfego dos ônibus utilizados no sistema.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

“É que o ponto de ônibus ficará sobre o canal do Córrego Vieira, na Avenida Deputado Esteves Rodrigues (Sanitária), em trecho que receberá serviços de tamponamento, que é a cobertura do canal. A medida tem, ainda, a finalidade de aliviar o fluxo de trânsito da avenida João XXII, conforme preconiza o Programa Municipal de Mobilidade Urbana”, explica Ana Luísa Pires.

O quarto objeto, segundo o plano da MCTrans, trata da implantação do Sistema de Transporte Público Inteligente, quando todo o sistema do transporte coletivo urbano terá um acompanhamento sistemático, informatizado, monitorado por Central de Controle Operacional que funcionará nas instalações do MCTrans. O sistema proporcionará um quadro completo de informações que darão o suporte necessário para a otimização dos serviços.

Atualmente duas empresas são concessionárias do serviço de transporte coletivo em Montes Claros – Princesa do Norte e Transmoc –, que venceram licitação realizada em 2007. Juntas, elas oferecem uma frota de 141 ônibus para o transporte de mais de dois milhões e duzentos mil usuários por mês, em cerca de mil pontos de embarque e desembarque, segundo informações de Viviane Tanure, diretora de Transporte Público da MCTrans.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Norte de Minas – Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).