Inicio » Montes Claros » Montes Claros – MP encerra mais um processo contra Ruy Muniz e ordena apertura de inquérito contra o vereador Madureira

Montes Claros – MP encerra mais um processo contra Ruy Muniz e ordena apertura de inquérito contra o vereador Madureira

Desta vez, além de encerrar o processo, o MP determinou abertura de inquérito policial contra o representante, vereador Eduardo Madureira, por denúncia caluniosa

Desta vez, além de encerrar o processo, o MP determinou abertura de inquérito policial contra o representante, vereador Eduardo Madureira, por denúncia caluniosa
Desta vez, além de encerrar o processo, o MP determinou abertura de inquérito policial contra o representante, vereador Eduardo Madureira, por denúncia caluniosa

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O Ministério Público de Minas Gerais, através do promotor de Justiça, Paulo Vinícius de Magalhães Cabreira, da 11ª Promotoria de Justiça da Comarca de Montes Claros, encerrou denúncia feita pelo vereador Eduardo Madureira (PT), segundo o qual o prefeito de Montes Claros, Ruy Muniz, teria cometido improbidade administrativa na contratação da servidora Érika Solange de Jesus Silva. O parlamentar apresentou representação contra o chefe do Executivo alegando que ela teria sido contratada temporariamente como agente comunitária de saúde, mas, trabalhado como ajudante de serviços gerais no Restaurante Popular.

Segundo o Promotor Paulo Vinícius, na verdade, o vereador apresentou à Justiça documentos referentes a outra servidora, Érica Pereira de Souza, com a finalidade de “imputar falsamente o prefeito de Montes Claros a prática do improbo, que sequer havia participado dos atos de contratação de ambas”.

Diante dos fatos, o Promotor não apenas indeferiu a representação do vereador Eduardo Madureira, como determinou que seja extraída cópia dos documentos e enviada à Delegacia de Polícia Civil para que seja instaurado inquérito para apurar a conduta do vereador.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Desse modo, além de indeferir a ação em que o prefeito Ruy Muniz é acusado de improbidade administrativa, no entender do promotor Paulo Vinícius de Magalhães Cabreira, o ato do vereador Eduardo Madureira se enquadra nos artigos 339 e 14 do Código Penal, ou seja, passa o caso então à Polícia Civil para que o parlamentar seja investigado por denúncia caluniosa.

Por Jerúsia Arruda

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Dr. Newton Figueiredo, vice-presidente da ACI, defendeu o resgate do futebol local a partir da campanha

Montes Claros – Ação entre amigos da ACI e CDL em prol do Ateneu

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).