Inicio » Nacional » Casos de microcefalia crescem 5,1% no Brasil em uma semana

Casos de microcefalia crescem 5,1% no Brasil em uma semana

Ministério da Saúde aponta 907 confirmações até o momento, além de 4.293 em investigação.

Casos de microcefalia crescem 5,1% no Brasil em uma semana
Casos de microcefalia crescem 5,1% no Brasil em uma semana

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Em uma semana, cresceu 5,1% o número de casos confirmados de microcefalia e demais alterações do sistema nervoso causadas pelo zika vírus e outras infecções. São 907 casos, ante 863 na semana passada. Além disso há outros 4.293 em investigação e 1.471 suspeitas já descartadas. Os números, que cobrem os anos de 2015 e 2016, são do boletim divulgado ontem pelo Ministério da Saúde. Exames laboratoriais confirmaram a ligação com o vírus em 122 casos.

Os casos confirmados de microcefalia estão concentrados no Nordeste, mas há confirmações também em Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, Pará, Rondônia, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul.

Do início da epidemia, registrado em outubro, até o dia 19 de março, foram confirmadas 46 mortes durante a gestação ou após o parto por alterações no sistema nervoso central. Ainda é investigada a relação de outras 130 mortes com possíveis decorrências do vírus.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) acredita que os casos de microcefalia no país podem superar os 2.500. O cálculo foi feito com base no número de casos já confirmados, em relação aos suspeitos testados, o que dá 39%. No total o governo brasileiro considera que há 6.480 casos suspeitos.

O vírus circula em 23 Estados do país: Goiás, Minas Gerais, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Roraima, Amazonas, Pará, Rondônia, Mato Grosso, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Sergipe, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná.

Financiamento. A diretora-geral da OMS, Margaret Chan, afirmou ontem que o dinheiro solicitado pela organização para ajudar no combate ao zika nos países afetados pela epidemia ainda não está chegando como o esperado. Dos US$ 25 milhões solicitados para a OMS aos países membros, apenas US$ 3 milhões foram entregues até o momento. Outros US$ 4 milhões estão em negociação.

O dinheiro seria usado em esforços da OMS para, por exemplo, mandar especialistas aos países afetados e para organizar reuniões científicas. “O suporte financeiro ainda é um grande problema. Mas não podemos permitir que a falta de dinheiro seja uma barreira para fazer o que é certo”, disse em coletiva de imprensa realizada no início da tarde por Margaret e outros especialistas da OMS, em Genebra.

Ela ainda afirmou que a primeira grande onda de infecções pelo vírus no mundo pode acabar antes mesmo que a vacina fique pronta. Margaret disse que 23 projetos estão em desenvolvimento por 14 instituições no Brasil, nos Estados Unidos, na França, na Índia e na Áustria.

Evidências

Malformação. Margaret Chan afirmou que as evidências da associação entre o zika e o aumento de casos de microcefalia são esmagadoras, demandando ações urgentes de saúde pública.

Saiba mais

A Coreia do Sul informou que registrou o primeiro caso no país de zika vírus. Um homem, de 43 anos, que voltou recentemente do Brasil foi diagnosticado com o vírus depois de apresentar febre, dores musculares e manchas na pele, de acordo com um comunicado do Centro para Controle e Prevenção de Doenças do país.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

As autoridades francesas anunciaram ontem que havia “uma suspeita muito séria” do primeiro caso de microcefalia relacionado ao zika vírus, detectado na ilha francesa de Martinica, no Caribe. Esse caso de microcefalia seria o primeiro em território francês. A ministra francesa da Saúde, Marisol Touraine, indicou que 130 mulheres grávidas nas Antilhas e Guiana, outro departamento francês, estavam contaminadas pelo zika.

 Em menos de um mês, o número de casos notificados de febre chikungunya, também transmitida pelo Aedes, mais que dobrou em Pernambuco. De acordo com o boletim da Secretaria Estadual de Saúde divulgado ontem, há 12.269 pacientes com suspeita de ter a doença. No dia 1º de março, esse número era de 6.076. Além disso, pela primeira vez, o Estado confirmou quatro casos de zika vírus.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Super Gata – Monique Helena (especial de Natal)

Super Gata – Monique Helena (especial de Natal)

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Super Gata – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).