Inicio » Internacional » Europa » Vaticano confirma abertura dos arquivos sobre a ditadura na Argentina

Vaticano confirma abertura dos arquivos sobre a ditadura na Argentina


Reviewed by:
Rating:
5
On 23 de março de 2016
Last modified:23 de março de 2016

Summary:

Vaticano confirma abertura dos arquivos sobre a ditadura na Argentina

O papa Francisco manifestou o desejo de abrir para consulta os arquivos do Vaticano sobre à ditadura na Argentina.

O papa Francisco manifestou o desejo de abrir para consulta os arquivos do Vaticano sobre à ditadura na Argentina.
O papa Francisco manifestou o desejo de abrir para consulta os arquivos do Vaticano sobre à ditadura na Argentina.

Natura

///////////////////////////

O Vaticano confirmou nesta quarta-feira (23) a abertura em poucos meses dos arquivos relativos à ditadura militar na Argentina (1976-1983) por vontade do papa Francisco, indicou o porta-voz da Santa Sé, padre Federico Lombardi.

“Como já anunciado no passado, o papa Francisco manifestou seu desejo de abrir para consulta os arquivos do Vaticano relativos à ditadura na Argentina”, afirmou. (1976-1983).

Para isso, é necessário catalogar o material, explicou.

O Boticário

///////////////////////////

“O trabalho está sendo realizado e achamos que terminará nos próximos meses”, acrescentou Lombardi.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).