Inicio » Mais Seções » Curiosidades » “Japonês da Federal” vira personagem de conto erótico

“Japonês da Federal” vira personagem de conto erótico

Após ser tema de marchinha de Carnaval e virar boneco gigante do Carnaval de Olinda, o agente da Polícia Federal (PF) Newton Ishii, conhecido por “japonês da Federal”, virou personagem de conto erótico. Ishii ficou famoso por suas constante presença em prisões da Operação Lava Jato.

“Japonês da Federal” vira personagem de conto erótico
“Japonês da Federal” vira personagem de conto erótico

PUBLICIDADE

///////////////////////////

A obra “Prenda-me, Japonês da Federal”, escrita por Renata Del Anjo, está à venda no site da Amazon por 59 centavos de dólares.

No enredo, a Polícia Federal vai a casa de uma mulher cujo marido é investigado por desvio de dinheiro da Petrobras. O japonês da Federal, no entanto, conduz a moça para um quarto de motel.

“O Japonês da Federal veio me pegar de manhã cedo, mas em vez de me levar para a cadeia, ele me levou ao paraíso. Uma fantasia de amor com o policial mais famoso da Operação Lava Jato!”, diz trecho do livro.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Acidente deixa uma pessoa morta na BR-251

Norte de Minas – Acidente deixa uma pessoa morta na BR-251

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).