Inicio » Minas Gerais » MG – PRF registra 13 mortes nas estradas que cortam Minas no feriado de Semana Santa

MG – PRF registra 13 mortes nas estradas que cortam Minas no feriado de Semana Santa

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou nesta segunda-feira (28/03/2016) que 13 pessoas morreram e 233 ficaram feridas em 218 acidentes nas rodovias federais no feriado da Semana Santa deste ano. O balanço leva em conta ocorrências entre os dias 24 e 27 de março.

BALANÇO OP. SEMANA SANTA 2016_001

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

O número de mortes é maior em relação ao da Semana Santa de 2015. No ano passado, a PRF registrou 280 acidentes e oito óbitos. Durante a operação deste ano, a corporação fiscalizou 14.171 veículos e realizou 4.423 testes do bafômetro.

No total, 70 pessoas foram autuadas e nenhuma foi presa. Ainda conforme a polícia, 7.716 multas por excesso de velocidade foram registradas no período. Nas primeiras 12 horas de fiscalização, ainda na quinta-feira, a PRF registrou cinco mortes.

A Polícia Militar Rodoviária, responsável pelas rodovias estaduais, ainda não divulgou o balanço deste ano.

oBoticário

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).