Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Licantropia clínica 

Este problema psicológico raríssimo faz com que a pessoa acredite que pode se transformar em um animal. Isto pode resultar em alucinações e em imitações dos gestos dos animais que elas acham que se transformam. O primeiro caso registrado em Minas Gerais foi descoberto pelo Doutor Alberto Collete de um hospital de Montes Claros no Norte do Estado, a dona de casa Silvana S. Santos mãe de 04 filhos, casada com um policial aposentado, acordou na manha de sábado com aspecto estranho e voz latida, o marido que costuma sair nos finais de semana para jogar dominó na praça, recebeu um telefone por volta das 10:00h com a lamentável noticia de que ela estava sendo violentada por vontade, por um dos  cachorros do vizinho e outros dois moradores de rua, pensando tratar-se de  trote o homem  não se levantou e ainda desligou o aparelho, ao chegar em casa no final da  tarde a mulher estaca sedada e amarrada em uma clinica de repouso e, para seu completo desalento vários vídeos circulavam na internet.

Humana que deu luz a animais

Maria Senhorinha de Guadalupe era  natural de Mirabela, Norte de Minas e se tornou famosa em 1726 quando deu a luz a 02 coelhos e 02  gatos. De acordo com relatos da época a parteira Pulú de hepaminondas confessou que o marido da gestante que era muito católico chorou muito ao ver os filhos animais que eram quatro ao todo, dizendo que aquilo era a mão de Deus sobre os infiéis desta terra. Porém algum tempo depois a esposa fugiu com em seu cavalo de estimação, rumores deram conta de que a mulher tivera um burrinho filho do cavalo na segunda gestação, neste parto ela acabou morrendo. O pai desiludido com os chifres e com o amor bandido,  amasiou-se com uma Cabra e abandou os gatos e os coelhos que fugiram para a floresta… nunca mais foram vistos.

Criptominésia

Sabia que é possível que você cometa um plágio achando que teve uma idéia completamente original? A criptominésia é um problema mental que faz com que a pessoa ache que sua ideia brilhante é original, sendo que apenas está lembrando da idéia de outra pessoa, sem perceber. Um caso famoso disso é o do livro “Assim Falou Zaratustra”, de Friedrich Nietszche, que tem uma frase praticamente igual palavra por palavra sobre um incidente publicado em 1835, meio século antes do escritor publicar esta obra. Entretanto, o caso não é considerado como plágio nem coincidência: a irmã do escritor confirmou que ele havia lido a frase original quando tinha 11 anos de idade. Alguns cantores passam por está faze de desfunção psicológica, caso de Anita a Funkeira que colocou um bico de pata para ficar igual Pato Donald e foi as redes sociais dizer que aquilo é original, provavelmente o namorado da Margarida tenha lhe copiado. Outro caso famoso é do cantor Eduardo Costa que afirma ser o Incrivel Hulk , a ponto de processar o herói Marvel no Superior Tribuna de Justiça das HQs (A sala de Justiça). 

Riso da Hora

A velhinha sofria de amnésia, e tinha acabado seu remédio ,então ela saiu pra comprar repetindo:comprar remédio de amnésia,comprar remédio de amnésia…Quando ela chegou na farmácia ,falou:eu quero um remédio de amnésia. o farmaceutico quê!!! a velha:haaannn????

Fica assim, amanhã tem mais…

Por Hesiodo José

Hesiodo José
Hesiodo José

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Dr. Newton Figueiredo, vice-presidente da ACI, defendeu o resgate do futebol local a partir da campanha

Montes Claros – Ação entre amigos da ACI e CDL em prol do Ateneu

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).