Inicio » Minas Gerais » MG – Com nova metodologia de registro, casos de zika vírus disparam e chegam a 789 em Minas Gerais

MG – Com nova metodologia de registro, casos de zika vírus disparam e chegam a 789 em Minas Gerais

Os casos de zika vírus dispararam em Minas Gerais. O aumento ocorreu porque a Secretaria de Estado da Saúde (SES) mudou a forma como eles são contabilizados. Com isso, a contagem subiu de 89 para 789 no prazo de uma semana, sendo 10 registrados laboratorialmente e outros 779 identificados apenas pelo critério clínico, segundo boletim divulgado.

MG - Com nova metodologia de registro, casos de zika vírus disparam e chegam a 789 em Minas Gerais
MG – Com nova metodologia de registro, casos de zika vírus disparam e chegam a 789 em Minas Gerais

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Com a nova metodologia, passam a ser contados também os casos cuja confirmação da doença é feita clinicamente, apenas com a análise dos sintomas apresentados pelos pacientes. A definição vem do Ministério da Saúde. É importante ressaltar que esses casos só são contabilizados em locais cuja circulação do vírus está confirmada. Outros 239 casos foram descartados e 4.814 estão sob investigação.

“A notificação utilizada em Minas Gerais, segundo definições do Ministério da Saúde, é por suspeita clínica e não por resultado laboratorial. Sendo assim, uma vez que é confirmada a circulação do vírus em um local (nos municípios ou, em casos de municípios maiores, nos bairros), não é necessário realizar exames laboratoriais para a confirmação do diagnóstico da doença”, diz o boletim.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Dengue e chikungunya

Além disso, foi confirmada mais uma morte por dengue no Estado, fazendo o número de óbitos chegar a 30. Outras 125 mortes estão sob investigação. A campeã de óbitos é Juiz de Fora com oito, seguida por Belo Horizonte, com seis. Ao todo são 251.315 prováveis casos da doença.

Sobre a febre chikungunya, a SES divide os casos em três classificações. Os notificados (513), confirmados (8), descartados (337) e aqueles que ainda estão sob investigação, ou seja, que aguardam resultado de exames (168). Com cinco casos confirmados, Belo Horizonte lidera o ranking de enfermos.

Gestantes

Foram contabilizados, ainda, 108 casos de gestantes com exantema – erupções cutâneas decorrentes do zika vírus. Outros nove foram descartados e 304 estão sob investigação, totalizando 421 notificações. Sobre os casos de microcefalia, são 76 notificações. Em Sete Lagoas foi registrado um caso de aborto espontâneo.

Sete lagoas, com 15 gestantes infectadas, é a cidade com o maior número de casos, seguida por Ipatinga, com 13, Belo Horizonte e Montes Claros com 12 e Coronel Fabriciano com dez.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Norte de Minas – Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).