Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Estudo aponta as melhores soluções para a destinação do lixo no Norte de Minas

Norte de Minas – Estudo aponta as melhores soluções para a destinação do lixo no Norte de Minas

O estudo de concepção de serviços de infraestrutura de sistemas integrados de destinação final de resíduos sólidos urbanos define as condições que asseguram a viabilidade técnica, econômica, social e ambiental para a implantação de um sistema de processamento e/ou destinação final de resíduos sólidos, de acordo com a realidade da região.
Norte de Minas - Estudo aponta as melhores soluções para a destinação do lixo no Norte de Minas
Norte de Minas – Estudo aponta as melhores soluções para a destinação do lixo no Norte de Minas

PUBLICIDADE

///////////////////////////

A secretaria de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana (Sedru) entregou ao Consórcio de Desenvolvimento Ambiental Sustentável do Norte de Minas (Codanorte) um estudo que aponta as melhores soluções para o tratamento de resíduos sólidos nos 35 municípios que integram o consórcio.

O estudo de concepção de serviços de infraestrutura de sistemas integrados de destinação final de resíduos sólidos urbanos define as condições que asseguram a viabilidade técnica, econômica, social e ambiental para a implantação de um sistema de processamento e/ou destinação final de resíduos sólidos, de acordo com a realidade da região.

O secretário Tadeu Martins Leite explica que foram verificados diversos cenários que variavam de acordo com a quantidade de lixo gerado, número de aterros, de unidades de triagem e de transbordo, distância a ser percorrida, logística necessária e custo da tonelada do lixo.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

– Este estudo visa procurar a solução mais adequada tecnicamente para as localidades consorciadas, que seja mais econômica, dentro dos padrões ambientais desejáveis, e que alcance a máxima eficiência econômico-financeira – afirma o secretário.

Para o presidente do Codanorte e prefeito de Patis, Vinícius Versiani de Paula, este estudo de concepção foi fundamental para mapear as condições de coleta e disposição de lixo, que são diferentes em cada cidade, e propor as medidas necessárias para a adequação destes sistemas.

– Precisamos deste apoio do Governo de Minas para encontrar uma saída para o problema do lixo, sobretudo, diante das exigências da Política Nacional de Resíduos, deste cenário de escassez de recursos e de pouca experiência técnica das prefeituras – diz o presidente da Codanorte.

Gestão compartilhada
As alternativas apontadas no documento visam auxiliar os municípios a superar o desafio do lixo de maneira compartilhada, sustentável e eficaz, direcionadas aos seguintes temas: coleta seletiva, triagem, adequação da destinação final dos resíduos sólidos domiciliares e públicos – que é de responsabilidade direta dos municípios – e gestão dos resíduos da construção e demolição, contemplando toda a cadeia produtiva pertinente.

Os estudos foram feitos em escala regional para unidades integradas de manejo e de destino final de resíduos sólidos urbanos a serem geridas mediante gestão associada, por consórcios públicos, e não pelos municípios de maneira isolada.

Tadeu Martins Leite salienta que o objetivo do Governo de Minas Gerais é proporcionar aos prefeitos soluções para problemas que usualmente não podem ser resolvidos de imediato, individualmente e com poucos recursos, e os consórcios são grandes aliados neste processo.

– Sabemos que a solução passa pela alocação de recursos financeiros, materiais e humanos, e com este produto em mãos, os consórcios já podem começar o processo de licenciamento ambiental, e até mesmo atrair empresas interessadas na gestão dos resíduos da região, a partir da viabilidade técnica e econômica apresentada pelo estudo – explica Tadeu Leite.

A próxima etapa deste trabalho será o ESTUDO DE CAMPO, que vai realizar sondagens relativas aos lençóis de água ou mananciais de superfície, áreas de preservação, florestas que existam nas proximidades das áreas propostas para a implantação do aterro sanitário e dos efluentes gerados.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Norte de Minas – Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).