Inicio » Política » PEC para manutenção do Fundeb

PEC para manutenção do Fundeb

Deputada Raquel Muniz apresenta Proposta de Emenda à Constituição (PEC 15/2015) que inclui dispositivo para tornar permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.
A deputada Raquel Muniz alerta que se torna cada vez mais urgente a permanência do Fundeb
A deputada Raquel Muniz alerta que se torna cada vez mais urgente a permanência do Fundeb

PUBLICIDADE

///////////////////////////

A deputada Raquel Muniz (MG) é autora de Proposta de Emenda à Constituição (PEC 15/2015), que inclui dispositivo para tornar permanente o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Além disso, a proposta também prevê a inclusão de artigo que assegura a participação da sociedade no planejamento de políticas públicas de educação.

O Fundeb foi criado pela Emenda Constitucional 53/2006 e substituiu o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), que vigorou entre 1998 a 2006. O Fundeb possui vigência até 2020 e é formado pela arrecadação de 20% dos recursos de impostos e transferências do Distrito Federal, estados e municípios.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

A deputada se diz preocupada com a validade do Fundeb.

– A ideia da prorrogação do fundo não é nova. Já tramitou recentemente como PEC que tratava sobre o tema, mas a proposição foi arquivada. Em minha opinião, se torna cada vez mais urgente a permanência do Fundeb – alertou.

Muniz também destaca que para este fundo atingir as finalidades da educação, foram sugeridos outros acréscimos ao texto constitucional.
– A minha proposta proíbe o retrocesso educacional e permite aos entes federados a faculdade de incluir na conta do Fundeb 20% dos recursos da exploração de petróleo e gás natural. Isso pode ser importante para financiar a complementação do piso salarial dos profissionais da educação – detalhou.
A PEC 15/2015 teve admissibilidade aprovada na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania. Aguarda-se criação de comissão especial para apreciação da proposição.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Acidente deixa uma pessoa morta na BR-251

Norte de Minas – Acidente deixa uma pessoa morta na BR-251

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).