Inicio » Nacional » USP denuncia criador da pílula do câncer por curandeirismo

USP denuncia criador da pílula do câncer por curandeirismo

Gilberto Chierice prestou depoimento em São Carlos; se condenado, pode pegar até 4 anos de prisão.

Gilberto Chierice criou o medicamento que está gerando polêmica
Gilberto Chierice criou o medicamento que está gerando polêmica

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Gilberto Chierice, pesquisador que desenvolveu a fosfoetanolamina sintética, a chamada “pílula do câncer”, prestou depoimento nesta quarta na Polícia Civil. Ele foi denunciado pela Procuradoria da Universidade de São Paulo (USP) por curandeirismo. Chierice teria prescrito, ministrado ou aplicado a substância para a cura de doenças.

Ele foi citado ainda por crime contra a saúde pública e compareceu à delegacia de São Carlos, no interior de São Paulo, acompanhado por dois advogados. A substância vem sendo motivo de polêmica por, supostamente, combater o câncer.

Apesar de os primeiros testes oficiais não apontarem nessa direção, um projeto de lei já foi aprovado, liberando a fórmula no país. Segundo anunciado pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, a fosfoetanolamina pode até virar suplemento alimentar.

 

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Pena. Os crimes denunciados pela USP, levando em conta o Código Penal, se somados, podem resultar em até quatro anos de prisão. Um inquérito foi aberto na Delegacia Seccional de São Carlos, e outros pesquisadores também serão ouvidos.

A USP, que vem se manifestando contra o fato de ser obrigada por liminares a distribuir as pílulas, não comentou a denúncia apresentada inicialmente à Polícia Federal, que remeteu para a Polícia Civil. A fosfoetanolamina sintética ainda não possui o registro da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Receitar ou não?

Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (Sboc). A entidade recomenda que os médicos não prescrevam a fosfoetanolamina. O paciente que já estiver usando a substância
“continuará a ter todo acompanhamento de que precisa”. Sobre possível punição para o médico que prescrever, cabe ao Conselho Federal de Medicina (CFM). A Sboc diz que “não excluirá ninguém dos seus quadros”.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Norte de Minas – Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).