Inicio » Internacional » Europa » PANAMA PAPERS – Premiê da Islândia pode cair, após vazamentos sobre conta offshore dele

PANAMA PAPERS – Premiê da Islândia pode cair, após vazamentos sobre conta offshore dele

A Rússia acusou nesta segunda-feira ex-agentes da CIA e do Departamento de Estado americanos de estar por trás do vazamento dos documentos conhecidos como “Panama Papers”, que apontam que pessoas próximas ao presidente Vladimir Putin teriam empresas em paraísos fiscais.
Um dos nomes citados é o de Serguei Roldouguin, um amigo de infância de Vladmir Putin
Um dos nomes citados é o de Serguei Roldouguin, um amigo de infância de Vladmir Putin

PUBLICIDADE

///////////////////////////

“Há outros nomes que figuram (na investigação), mas está claro que o alvo principal destes ataques é o nosso país, nosso presidente”, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

“Na chamada comunidade jornalística há muitos ex-agentes da CIA e do Departamento de Estado”, completou.
Segundo o porta-voz “não há nada concreto ou novo sobre Putin, não há detalhes, e todo o resto se baseia em especulações”.
Segundo os chamados “Panama Papers”, o vazamento de 11,5 milhões de documentos que implicam 140 personalidades que teriam offshores em paraísos fiscais, várias pessoas próximas a Putin teriam desviado quase dois bilhões de dólares com a ajuda de bancos e empresas de fachada.
Um dos nomes citados é o de Serguei Roldouguin, um amigo de infância de Putin, cujas empresas teriam comprado importantes setores da economia russa.
“Roldoguin e muitas outras pessoas continuam entre os amigos de Putin. Putin tem muitos amigos na Rússia e no exterior”, se limitou a declarar Peskov sobre as relações do violoncelista com o presidente russo.O futuro político do primeiro-ministro da Islândia, Sigmundur David Gunnlaugsson, está ameaçado, diante dos supostos vínculos dele com uma conta offshore nas Ilhas Virgens Britânicas. Gunnlaugsson será alvo nesta segunda-feira de uma moção de censura no Parlamento, após reportagens da imprensa vincularem ele e sua mulher a uma conta criada com o auxílio do escritório de advocacia Mosak Fonseca, sediado no Panamá e que está no centro de um grande vazamento de informações sobre suposta evasão tributária.
A revelação envolvendo o premiê islandês é relativa à companhia offshore Wintris Inc., estabelecida por Gunnlaugsson supostamente em 2007, junto com a mulher dele, Anna Sigurlaug Palsdottir.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Diante da notícia, a oposição convocou a moção de censura contra o governo de centro-direita. Há protestos marcados para ocorrer diante do Parlamento. Chefe do Partido Progressista, de centro-direita, Gunnlaugsson chegou ao poder em 2013, com mandato previsto de quatro anos, cinco anos após a Islândia sofrer um colapso financeiro.
O premiê supostamente vendeu a metade da companhia para a mulher por US$ 1 em 31 de dezembro, um dia antes de uma nova lei islandesa entrar em vigor. Essa lei exigiria que ele declarasse ser dono da Wintris, uma potencial causa de conflito de interesses.
A ex-premiê Johanna Sigurdardottir já pediu a renúncia do atual primeiro-ministro. A popular presidente do Partido Pirata, Birgitta Jonsdottir, também disse que ele deve deixar o cargo.
A Islândia é um país com apenas 330 mil habitantes. Vista anteriormente como uma estrela econômica no cenário internacional, a nação sofreu um colapso financeiro quando seus principais bancos foram à falência em um período de poucos dias, em 2008.
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros - PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Montes Claros – PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).