Inicio » Educação » Governo lança portal com simulado e ‘MECflix’ para candidato ao Enem

Governo lança portal com simulado e ‘MECflix’ para candidato ao Enem

Entra no ar nesta terça-feira, 5, o portal Hora do Enem, uma plataforma online onde alunos poderão fazer simulados, fazer exercícios e assistir ao “MECflix”, uma biblioteca de videoaulas sobre os conteúdos que caem na prova. O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em cerimônia no Palácio do Planalto. 

O sistema estará disponível da meia-noite às 20 horas - mas o aluno só terá 4 horas para realizar o exame a partir do momento que acessar a plataforma.
O sistema estará disponível da meia-noite às 20 horas – mas o aluno só terá 4 horas para realizar o exame a partir do momento que acessar a plataforma.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O primeiro simulado já acontece no dia 30 deste mês. O sistema estará disponível da meia-noite às 20 horas – mas o aluno só terá 4 horas para realizar o exame a partir do momento que acessar a plataforma. A prova será formada por 80 questões, com conteúdos correspondentes ao que o estudante de ensino médio aprendeu até a data. Outros simulados estão marcados para 25 de junho, 13 de agosto e 8 e 9 de outubro.

“Na hora já dá para saber a nota que ele tiraria no Enem e se essa nota é menor ou maior que a média. O sistema também diagnostica onde o candidato está indo bem ou mal”, disse o ministro, ressaltando que os simulados também são um teste para verificar a viabilidade de, no futuro, o Enem ser aplicado online.

Mais de 2,2 milhões de alunos do terceiro ano do ensino médio – de escolas públicas e privadas – devem se beneficiar da iniciativa. O MEC estima que, se o estudante estudar 2 horas e meia por dia na plataforma, as chances de melhorar o desempenho no Enem pode chegar a 30%. O portal também oferece ao candidato um plano individualizado de estudos, com base na concorrência do curso e universidades nas quais ele pretende pleitear uma vaga.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

“Cada pessoa tem seus próprios sonhos e suas próprias dificuldades. A plataforma assegura que todos tenham oportunidades semelhantes, no sentido de ter acesso a conteúdos excepcionais de forma gratuita”, afirmou a presidente Dilma Rousseff durante a cerimônia.

A inscrição para o primeiro simulado já pode ser feita no portal A prova estará disponível para celular, tablets, notebooks e computadores. Para os que não têm acesso à internet, o MEC disponibilizará 120 mil vagas em laboratórios de informática em câmpus de universidades e institutos federais.

A plataforma Hora do Enem também estará na televisão. A TV Escola transmitirá videoaulas diariamente às 18 horas, com reprises às 7 horas e às 13 horas. Outros 40 canais comunitários, universitários e legislativos também devem transmitir o programa.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Norte de Minas – Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).