Inicio » Minas Gerais » Centro Oeste de Minas » MG – Caseiro de sítio mata cadela que estava no cio e não o deixou dormir

MG – Caseiro de sítio mata cadela que estava no cio e não o deixou dormir

Suspeito disse que tem um filho recém-nascido, que também não conseguiu passar bem a noite e por isso ficou com raiva; ele foi ouvido e liberado.

MG - Caseiro de sítio mata cadela que estava no cio e não o deixou dormir
MG – Caseiro de sítio mata cadela que estava no cio e não o deixou dormir

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O caseiro de um sítio, de 20 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (06/04/2016) em Oliveira, no Centro-Oeste de Minas, após confessar ter espancado e matado uma cadela que estava no cio e não o deixou dormir. O crime ocorreu nessa terça (5) e todo o ato foi filmado por um operário que trabalhava no sítio.

A Polícia Militar (PM) foi acionada depois que ONGs de proteção animal e populares procuraram o batalhão para registrar um boletim de ocorrência. “Todos falavam sobre um vídeo postado no Facebook, onde aparece o caseiro agredindo o animal. Depois das denúncias, fomos até o sítio localizado na comunidade de Morro do Serro. Lá o jovem não resistiu a prisão e confessou o crime”, explicou o cabo Cléber Willians.

O jovem teria dito que, na madrugada de segunda para terça, vários cachorros não haviam o deixado dormir. Isso porque eles foram para perto da sua casa, onde a cadela no cio estava.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

“Ele disse que tem um filho recém-nascido em casa e que o barulho incomodou ele e a criança e por isso teria ficado com raiva. Ao acordar, o caseiro teria ido procurar pela cadela e com um pedaço de madeira deferiu vários golpe contra ela”, pontuou o militar.

No entanto, além de espancar a cadela, as imagens mostram que o suspeito também a amarrou em uma corda e a enforcou. “Ele disse que ela já estava doente. Que os cachorros que haviam  procurado por ela no dia anterior a deixaram muito debilitada. Então ele resolveu também sacrificar ela, mas uso essa forma errada”, comentou o policial.

O suspeito, que trabalha no sítio há um ano e não tinha antecedentes criminais, foi levado para a delegacia da Polícia Civil. Ele foi ouvido e liberado, em seguida, após assinar o termo circunstanciado e se comprometer em retornar para prestar mais esclarecimentos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Nova música de Sia traz letra que empodera mulheres

Nova música de Sia traz letra que empodera mulheres

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.Nova música de …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).