Inicio » Política » Câmara Federal restringirá acesso da imprensa à votação do impeachment

Câmara Federal restringirá acesso da imprensa à votação do impeachment

Por razões de segurança apenas um grupo de 15 a 20 jornalistas receberá credencial especial para fazer a cobertura jornalística no plenário.

Normalmente, o acesso ao plenário da Câmara é liberado a todos os 465 jornalistas com credencial permanente de cobertura, além daqueles com credencial provisória
Normalmente, o acesso ao plenário da Câmara é liberado a todos os 465 jornalistas com credencial permanente de cobertura, além daqueles com credencial provisória

PUBLICIDADE

///////////////////////////

A Câmara dos Deputados anunciou que restringirá a um patamar mínimo o acesso de jornalistas ao plenário da Casa no dia da votação final do impeachment, prevista para o domingo (17).

De acordo com a assessoria de imprensa da Presidência da Câmara, por razões de segurança apenas um grupo de 15 a 20 jornalistas receberá credencial especial para fazer a cobertura jornalística no plenário, além de cerca de 20 credenciais para repórteres-fotográficos.

Normalmente, o acesso ao plenário da Câmara é liberado a todos os 465 jornalistas com credencial permanente de cobertura, além daqueles com credencial provisória.

A votação do impeachment de Dilma Rousseff será a atividade plenária mais importante dos últimos anos, com previsão de cobertura in loco dos principais veículos de comunicação do país, além da imprensa internacional.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

De acordo com a assessoria da Presidência da Câmara, análise da segurança e do Corpo de Bombeiros ditou o número de credenciais a jornalistas. Isso porque, além dos 513 deputados, terão livre acesso ao plenário os 81 senadores, assim como ex-congressistas.

O critério para a distribuição dessas credenciais jornalísticas ainda não foi definido.

A Câmara diz ainda que haverá restrição de acesso para assessores, cuja equipe será reduzida ao mínimo possível. E que serão liberadas credenciais jornalísticas extras para as galerias e para o Salão Verde, porta de acesso ao plenário.

A Câmara já havia divulgado uma série de restrições entre os dias 15 e 21, entre elas a obrigatoriedade de todos os credenciados passarem por máquinas de detector de metais para entrar nas dependências da Casa. A Esplanada dos Ministérios e o gramado em frente ao Congresso também estão recebendo divisórias para separar manifestantes contra e a favor do impeachment.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Acidente deixa uma pessoa morta na BR-251

Norte de Minas – Acidente deixa uma pessoa morta na BR-251

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).