Inicio » Mais Seções » Ciência » Número de tigres no mundo aumenta pela primeira vez em 100 anos

Número de tigres no mundo aumenta pela primeira vez em 100 anos

Número de tigres selvagens subiu para 3.890, em comparação com os 3.200 exemplares até 2010.

Número de tigres selvagens subiu para 3.890, em comparação com os 3.200 exemplares até 2010
Número de tigres selvagens subiu para 3.890, em comparação com os 3.200 exemplares até 2010

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O número de tigres em estado selvagem no mundo aumentou pela primeira vez em cem anos graças aos esforços de preservação, informaram vários grupos de defesa da natureza.

Segundo dados do Fundo Mundial para a Natureza (WWF) e do Fórum Global do Tigre, o número avaliado de tigres selvagens subiu para 3.890, em comparação com os 3.200 exemplares até 2010.

É a primeira vez que o número desses felinos tem um aumento expressivo desde 1900, quando havia 100.000 tigres no mundo.

Mais da metade da população de tigres no mundo se encontra na Índia, onde 2.226 exemplares vivem em reservas de 18 Estados, segundo o último balanço de 2014.

Rússia, Butão e Nepal também contam com um grande número de tigres, segundo os últimos estudos.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Em Bangladesh, o número de tigres caiu de 440 em 2010 a 106 em 2015, apesar de os ecologistas acharem que a diferença se deve a uma sobreavaliação da população há seis anos.

A drástica redução da população desses felinos na Indonésia é causada pelo desmatamento com fins industriais destinados ao cultivo de óleo de palma e pasta de papel.

O Camboja, por sua parte, está pensando em reintroduzir o tigre depois de anunciar sua extinção na semana passa por não ter provas de sua existência no país desde 2007.

As principais causas da diminuição drástica da população de tigres na Ásia são o desmatamento, a destruição deu  hábitat e a caça ilegal.

Em 2010, os 13 países com populações de tigres – Bangladesh, Butão, China, Camboja, Índia, Indonésia, Laos, Mianmar, Nepal, Rússia, Tailândia e Vietnã –  elaboraram um plano para duplicar o número desses felinos antes de 2022.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Norte de Minas – Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).