Inicio » Últimas » Web TV – Dra. Maiza Rodrigues fala sobre ás medidas protetivas para mulheres vítimas de violência

Web TV – Dra. Maiza Rodrigues fala sobre ás medidas protetivas para mulheres vítimas de violência

 

A  Dra. Maiza Rodrigues,  Advogada – Coordenadora da Defensoria da Mulher, nos fala sobre ás medidas protetivas para mulheres vítimas de violência e como ajudar as mulheres em situação de vulnerabilidade.

Assista ao Vídeo:

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Dr. Newton Figueiredo, vice-presidente da ACI, defendeu o resgate do futebol local a partir da campanha

Montes Claros – Ação entre amigos da ACI e CDL em prol do Ateneu

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).



Um comentário

  1. Infelizmente um.monte de mulheres enganam a justiça com falsas denúncias contra ex maridos. Usam essa tática por vingança, praticam alienação parental utilizando a lei Maria da penha. E o ministério público não investiga, não dá direito aos homens à defesa. Acatam a denúncia prejudicando os pais e seus filhos. Isso acontece muito. Os promotores precisam ter mais cuidado. Têm de evitar que os filhos sejam privados da convivência com seus pais devido a falsas denúncias de alienadoras.