Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Politica em Montes Claros

Este ano a política aqui na terrinha de pequi promete ser diferente de todas as outras. O presidiário Ruy Muniz que governa a cidade por trás das grades diz ser candidato, segundo fontes não muito fidedignas, o esposo de Raquel pretende convocar os padres e pastores evangélicos da cidade e de todo o norte de minas para fazerem com que povo entenda que ele foi vitima de Macumbaria. “Penso que Paulo Guedes tenha jogado pó de pemba na cabeça de Ruy sem que ele visse, com o intuito de que ele fosse  perseguido até o ultimo dia do seu governo” (Disse a esposa e Deputada na tribuna da Câmara dos Deputados). “Eu iria mais além, acho que costuraram a boca de um sapo preto Cururú com o nome do prefeito dentro e depois enterraram-no dentro da toca de um rato Caiano, assim a maldição do roubo caiu sobre Ruy, mesmo que ele não queira fazer o desvio com a mão direita, mas a esquerda faz, por isso contratamos o Pai Culatra  direto da Cachoeira de São Felix-BA para desfazer o feitiço! (Arildo Mucatrapa – Assessor para assuntos de maldição do Gabinete do Prefeito).

Bruno em defesa de Ruy

O ex-goleiro Bruno assassino não confesso de Elisa Samudio, disse ontem via interceptação telefônica feito pela justiça, que torce para que Ruy seja inocentado, que suas palavras passam uma verdade que nenhuma outra tem. 

Casou com um e deu para o outro

Depois de se casar, uma noiva de Brasilia de Minas no Norte de Minas Gerais, confundiu o quarto e acabou indo parar no quarto de um de seus padrinhos, e sem perceber o erro ela fez sexo com ele. Isso aconteceu na noite do sábado 23 de abril .  Ela disse que só percebeu que não era o seu marido depois que já tinha terminado a relação, pois o pênis do noivo é bem menor. A imprensa de Montes Claros  deu a informação de que a noiva estava na cama com o marido, só que ela se levantou, pois tinha que ir ao banheiro. Na saída, um pouco desorientada pelas caipirinhas que havia tomado, a mulher acabou errando de quarto e se deitou na cama em que estava o padrinho, o padrinho então começou a acariciar a mulher e depois os dois fizeram sexo. Quando descobriu com quem tinha feito sexo, a noiva se desesperou e acusou o homem de abuso. Então ela e seu marido atravez do  advogado Marcos Claudio Caldeira  pediram uma indenização de 2 mil reais. Só que a Justiça considerou que o homem não teve culpa alguma, pois foi a mulher que entrou em seu quarto e fez sexo com ele, ela não foi forçada a isso. Detalhe, a noiva havia se guardado para o dia do casamento ou seja casou-se virgem, mas quem lhe rompeu as entranhas foi outro homem. O padrinho que é casado com uma prima da noiva disse que é sonâmbulo e por culpa da patologia do sono, ano passado comeu sua  sogra.

Riso da Hora

Dizia um amigo: – Rapaz, eu tenho uma sorte bárbara. – Ganhaste na loteria? – Nada disso. Ontem de noite eu vinha saindo de um destes hotéis de alta rotatividade ali na Barra justamente na hora que minha mulher ia entrando. E ela não me viu… 

Fica assim, amanhã tem mais….

Hesiodo José
Hesiodo José

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros - PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Montes Claros – PM procura por autores de roubo a posto de saúde no bairro Morada do Sol

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).